Goiás/Universo e Aliança fazem final antecipada do Campeonato Goiano de futebol feminino neste domingo (10), às 16h, no CT Buriti Sereno | Foto: Rosiron Rodrigues / GEC
Goiás/Universo e Aliança fazem final antecipada do Campeonato Goiano de futebol feminino neste domingo (10), às 16h, no CT Buriti Sereno | Foto: Rosiron Rodrigues / GEC

O Goiás Esporte Clube pode se sagrar Campeão Goiano de futebol feminino em jogo na tarde deste domingo, 10, no CT Buriti Sereno.

A partida, contra o Aliança, será às 16h e é válida pela 3ª rodada do 2º turno da competição.

E detalhe: a entrada para o jogo é gratuita.

Vencedor do 1º turno, o Goiás/Universo vai faturar antecipadamente o caneco caso saia ganhador do duelo.

Já em caso de empate ou vitória do Aliança, haverá final em duas partidas entre os mesmos 2 times.

Final

Nessa 2ª hipótese, a final dupla tem datas marcadas para os dias 17 e 24 de novembro.

Uma das partidas tende a ser realizada na Serrinha, palco que não foi utilizado pelo Campeonato Goiano de Futebol Feminino devido à preferência dada ao Mundial Fifa sub-17, realizado na capital.

A outra, de mando do Aliança, seria realizada no CT Ovel.

Goiás firmou parceria com a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) para formar time feminino | Foto: Divulgação
Goiás firmou parceria com a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) para formar time feminino | Foto: Divulgação / GEC

Goiás/Universo

Em agosto de 2019, o Goiás anunciou uma parceria com a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) para formar um time feminino.

As jogadoras tiveram à disposição a estrutura das duas instituições, com alojamentos, exames médicos, fisioterapia, tratamento e análise de desempenho.

Nas últimas 6 edições do Campeonato Goiano Feminino que disputou, a Universo (com o nome Universo/Jaó) faturou 4 títulos.

Agora, a ideia do Goiás/Universo é revelar atletas para a Copa do Mundo Feminina.

Fábrica do Guaraná Mineiro abrirá 6 mil vagas de emprego em Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook