Greve cancelada: motoristas conquistam reajuste em Goiânia

Greve é cancelada depois de conquista do reajuste (Foto: Reprodução)
Greve é cancelada depois de conquista do reajuste (Foto: Reprodução)

Depois de postura firme dos trabalhadores do transporte coletivo em Goiânia, a greve dos motoristas foi cancelada. Audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 18ª Região selou o acordo entre a categoria e o sindicato patronal.

As empresas de transporte coletivo acataram as reivindicações dos trabalhadores e aplicarão reajuste de 11,08% no salário e aumento de 20% no vale alimentação. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Goiás (Sindittransporte), ambos os valores serão retroativos desde o dia 1º de julho.

LEIA MAIS: Cadáveres são encontrados dentro de cisterna em distrito de Anápolis

Antes do acordo, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (SET) Décio Caetano disse que as empresas concederiam somente  5,5% de reajuste no salário e no vale.

Segundo ele, 2016 foi um ano atípico, em que as empresas tiveram muitas “perdas”, o que travou a negociação. Até agora, não houve confirmação se o reajuste impactará no preço da passagem de ônibus na capital.

Comentários do Facebook