Guardas ofendidos por desembargador ganham medalha por 'conduta exemplar'

Filhos de Cícero Hilário, que tem 10 anos de serviços prestados à Guarda, não conseguiram segurar as lágrimas ao verem o pai ser homenageado. "Essa medalha se estende a todos os membros da corporação da Guarda Municipal e para todas as guardas do Brasil", afirmou

Os guardas municipais que foram ofendidos por um desembargador enquanto tentavam orientá-lo sobre o uso obrigatório de máscara na praia foram homenageados pela Prefeitura de Santos na tarde de 2ª feira (20).

Cícero Hilário, de 36 anos, e Roberto Guilhermino, de 41, receberam medalhas por conduta exemplar.

Guardas municipais ofendidos por desembargador receberam medalha de honra ao mérito | Foto: Susan Hortas/Prefeitura de Santos
Guardas municipais ofendidos por desembargador receberam medalha de honra ao mérito | Foto: Susan Hortas/Prefeitura de Santos

De acordo com a administração, a cerimônia foi em reconhecimento aos serviços prestados pelos servidores à sociedade.

Na presença dos familiares dos guardas, a homenagem foi cheia de emoção.

“Fico muito contente pelo reconhecimento ao nosso trabalho. Essa medalha se estende a todos os membros da corporação da Guarda Municipal e para todas as guardas do Brasil. Eu tenho muito orgulho de fazer parte dessa corporação e esse reconhecimento tá sendo muito gratificante”, afirmou Hilário em entrevista a uma emissora de TV local.

Já Guilhermino ressaltou o desafio de manter a calma nesse tipo de abordagem.

“Foi um momento delicado, uma abordagem que a gente se deparou com um cidadão com bastante hostilidade, mas mantemos a calma. É um trabalho de uma vida, eu estou há 18 anos na corporação”, contou.

Relembre o caso

Rodaram o Brasil durante o fim de semana imagens que mostram o desembargador Eduardo Siqueira ofendendo um guarda municipal ao ser multado por não utilizar máscara enquanto caminhava na praia no sábado (18).

O magistrado chamou o guarda de “analfabeto”, rasgou a multa emitida por ele e ainda tentou escapar da situação ligando para o telefone pessoal do secretário municipal de Segurança Pública.

Em nota, o desembargador confirmou a autenticidade do vídeo, mas argumentou que as cenas foram tiradas de contexto.

Desembargador Eduardo Siqueira foi filmado alterado durante abordagem dos guardas municipais | Foto: Reprodução
Desembargador Eduardo Siqueira foi filmado alterado durante abordagem dos guardas municipais | Foto: Reprodução

Na opinião dele, o decreto que obriga o uso de máscaras em locais públicos é “absolutamente inconstitucional”.

“Acabei sendo vítima de uma verdadeira armação”, afirmou.

Eduardo ainda ressaltou que tomará medidas cabíveis para que os direitos dele sejam preservados e que está à disposição das autoridades para esclarecimentos.

Já a Corregedoria Nacional de Justiça determinou a abertura de pedido de providências para apurar a conduta do desembargador.

CONTINUE LENDO 👉 Confira o novo calendário completo de pagamento do auxílio emergencial


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook