Há 3 anos moradores do Negrão de Lima convivem com problema de lixo sem solução

Lixo toma conta de rua no Negrão de Lima
Lixo toma conta de rua no Negrão de Lima

Lixo, mau cheiro, ratos e baratas. Essa é a realidade de moradores de um condomínio da Rua 404, no Setor Negrão de Lima, em Goiânia.

Segundo uma moradora, são dois condomínios no local, mas somente um deles tem local adequado para armazenar o lixo. Rose Camilo alega que todos os moradores jogam os resíduos no mesmo local, que não tem capacidade para suportar a demanda.

Com isso, o lixo fica em local inapropriado e compromete a coleta. “São três anos tentando resolver essa solução. Começamos a discutir o assunto com a construtora e depois que ela entregou o condomínio a luta continuou, mas até agora nada”, explica.

Sem solução

O próprio síndico afirmou que já procurou a prefeitura, que encaminhou o problema para a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg). “Nós temos os nossos contêineres e não queremos todo esse lixo na entrada do condomínio. Nosso depósito é organizado, é limpo. O que nós queremos é mudar de lugar”, ressaltou.

Rose afirmou à reportagem do Portal Folha Z que o problema afeta até o comércio da região. “O mau cheiro é muito grande e atrapalha os comerciantes. É tanto lixo na calçada, que somos obrigados a andar na rua”, esclarece.

“Estamos tentando uma solução diplomática. Propomos a mudança do local dos resíduos para a Avenida Leste Oeste, onde não atrapalharia nenhum morador, mas está difícil chegar a um acordo com os moradores do outro condomínio”, conclui.

Comentários do Facebook