Homem armado mantém reféns em café

Refém corre na direção do policial
Refém, que conseguiu escapar, corre na direção do policial

Um homem armado mantém reféns há mais de 10 horas em um café da cidade de Sidney, na Austrália. Segundo informações da imprensa australiana, o sequestrador seria de origem árabe. Até o momento não há informações sobre a motivação do sequestro.

Durante a madrugada cinco pessoas (três homens e duas mulheres) conseguiram escapar do Lindt Chocolat Café. De acordo com a imprensa local, havia 13 pessoas na loja antes da fuga dos reféns, mas informações do gerente do café dão conta que são de 40 a 50 pessoas, entre funcionários e clientes.

Bombas na cidade

publicidade

Segundo os reféns, que conseguiram escapar, o sequestrador colocou uma bandeira negra com dizeres árabes na vidraça do café, e que ele espalhou  quatro bombas na cidade e exige uma bandeira do Estado Islâmico e uma ligação para o primeiro-ministro australiano Tony Abbott.

Policiais armados cercaram o quarteirão e esvaziaram todos os prédios a as ruas próximas ao local.