Igrejas também têm novas regras para funcionamento na capital | Foto: Reprodução/Igreja Videira
Igrejas também têm novas regras para funcionamento na capital | Foto: Reprodução/Igreja Videira

Igrejas evangélicas, católicas e de quaisquer denominações poderão funcionar em todos os dias da semana em Goiânia.

Publicado nesta 2ª feira (13), o decreto da reabertura das atividades econômicas da capital também autorizou os cultos, missas, celebrações e reuniões coletivas das organizações religiosas.

O texto ressalta que esses eventos deverão ser realizados com apenas 30% da capacidade de pessoas sentadas.

Além disso, as atividades também deverão seguir os protocolos específicos da Secretaria de Saúde e do Governo do Estado:

  • As Instituições Religiosas devem limitar e programar a entrada de pessoas, respeitando a recomendação de ocupação de 30% (trinta por cento) de sua capacidade de acomodação, de maneira a evitar aglomerações no local e manter a distância mínima de 2 (dois) metros (mesmo com uso de máscara), entre frequentadores e colaboradores;
  • Orientar e solicitar que todos os colaboradores e frequentadores façam uso de máscara de proteção facial (máscara de tecido ou descartável, preferencialmente), durante todo o tempo de permanência nas instituições religiosas;
  • As atividades das instituições religiosas, deverão, preferencialmente, ser realizadas por meio não presencial, recomendando-se a adoção de meios virtuais, a fim de evitar aglomerações ou em ambientes ao ar livre;
  •  Realizar a medição da temperatura de todos os frequentadores e colaboradores, mediante termômetro infravermelho sem contato, na entrada das Instituições Religiosas, ficando vedado o acesso daqueles que apresentarem quadro febril ou algum sintoma respiratório;
  • Como estratégias para garantir o distanciamento e a capacidade de acomodação recomendada, sugerimos retirar cadeiras ou bancos/poltronas, fazer interdições intercaladas, definir grupos de frequentadores para cada horário, definir novos horários de atendimento;
  • Restringir o acesso de pessoas com 60 anos ou mais de idade, pessoas pertencentes ao grupo de risco na instituição e de crianças menores de 12 (dose ) anos;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • É proibido o consumo de gêneros alimentícios e bebidas no local;
  • Disponibilizar tapetes com sanitizantes, para higienização dos calçados na entrada das instituições;
  • Identificar de forma clara e visível as portas de entrada e de saída, de sentido único de modo a evitar que as pessoas se cruzem e mantê-las abertas durante o funcionamento;
  • Organizar equipes que auxiliem os frequentadores no cumprimento das normas de proteção;
  • Não oferecer folhetos ou qualquer outro objeto ou papel de uso comum
  • Orientar os frequentadores a deixar os estabelecimentos segundo ordem fixada e a não se aglomerarem do lado de fora, devendo as primeiras pessoas a sair serem as que estão mais próximas da porta de saída, evitando fluxo cruzado de pessoas.

Aparecida

Já em Aparecida, de acordo com uma portaria da SMS, as igrejas deverão realizar celebrações religiosas em, no máximo, 2 dias por semana, sendo 1 obrigatoriamente aos domingos.

LEIA MAIS SOBRE AS REGRAS:
Confira a íntegra do novo decreto de reabertura da Prefeitura de Goiânia


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook