Incêndio mata ao menos 9 menores em centro de internação no Jd Europa

Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar incêndio em centro de internação provisória do 7º Batalhão da PM | Foto: Reprodução
Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar incêndio em centro de internação provisória do 7º Batalhão da PM | Foto: Reprodução

Pelo menos nove jovens morreram na manhã desta sexta-feira, 25, em incêncio no centro de internação provisória para menores do 7º Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia.

Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, adolescentes de outra cela atearam fogo a um colchão de um dos alojamentos da ala A.

LEIA MAIS: Policiais são inocentados de homicídio em júri popular em Goiânia

publicidade

Em nota, a Grupo Executivo de Apoio à Criança e Adolescente (Gecria), da Secretária Cidadã, afirmou que as causas do ocorrido ainda serão investigadas após a conclusão das atividades do Bombeiros e Polícia Militar no local.

Ao todo, o centro de internação abrigava 50 internos no momento do ocorrido. Mas no alojamento que pegou fogo estavam 11 jovens.

Após ser acionado, o Corpo de Bombeiros enviou quatro caminhões para intervir no incêndio por volta das 11h30.

Centro de internação

Familiares dos internos já foram lotados em auditório do batalhão para acompanhar atualizações do incêndio, além de identificar os mortos ou feridos.

O governador de Goiás, José Eliton, cancelou sua participação em um evento em Cuiabá, onde se encontrava na manhã desta sexta-feira, e já está a caminho de Goiânia para acompanhar o desenrolar do caso.

A Polícia Civil deve ser acionada para dar prosseguimento às investigações do ocorrido.

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter