Índice de criminalidade recua em Goiás

Em 60 dias, houve redução de homicídios, tentativas e roubo de veículos. Ações deflagradas pela PM em todo o Estado contribuíram com a recaptura de 577 foragidos da Justiça
Em 60 dias, houve redução de homicídios, tentativas e roubo de veículos. Ações deflagradas pela PM em todo o Estado contribuíram com a recaptura de 577 foragidos da Justiça

Dados do Siscop – Sistema de Controle Operacional – da Polícia Militar (PM) apontam redução na criminalidade em Goiás nos últimos 60 dias. De acordo com o levantamento realizado junto ao sistema que registra o controle e monitoramento em tempo real de ocorrências, o número de homicídios no Estado reduziu em 15,5%, de 355 para 300; as tentativas de assassinato caíram de 426 para 401, 5,9%; e o roubo de veículos recuou 12%, de 1.355 para 1.192.

Os dados foram contabilizados considerando o período de 21 de janeiro a 24 de março comparado a 25 de março a 23 de maio deste ano.

Região Metropolitana e Entorno de Brasília

Conforme o balanço apresentado, comparando com o período anterior, o número de assassinatos nos cinco maiores regionais da PM que atendem a capital, Região Metropolitana e Entorno de Brasília, caiu em 14,4%, de 264 para 226.

publicidade

Já as tentativas reduziram de 275 para 239, 13,1%. Também houve queda de 1.292 para 1.136 (12%) na quantidade de veículos roubados. Roubo a pessoas reduziu de 1.795 para 1.728, 3,7%; e roubo a comércios apresentou decréscimo de 1.040 para 1.033, 0,7%.

Recuo na criminalidade

Em Goiânia, o número de homicídios recuou em 17,4%, de 85 para 71; as tentativas de assassinato caíram de 132 para 93, 29,5%; e o número de veículos roubados reduziu em 13,3%, de 829 para 719 O resultado segue positivo para o Entorno de Brasília com redução de 77 para 72 (8,9%) na quantidade de assassinatos, e Aparecida de Goiânia com a diminuição de 67 para 57 nos registros de homicídio.

Comandante-geral da Polícia Militar, coronel Silvio Benedito Alves, atribuiu a redução nos índices de criminalidade às ações implantadas para prevenir crimes em todo o Estado. “Desde que assumimos o Comando-Geral da corporação uma das nossas primeiras medidas foi intensificar o policiamento nas ruas, seguindo as diretrizes da Secretaria de Segurança Pública e do Governo do Estado, combatendo o tráfico de drogas, recapturando foragidos da Justiça e retirando armas de fogo de circulação”, enfatiza o comandante.

Balanço

Em 60 dias, as ações preventivas realizadas em Goiás contribuíram com a recaptura de 577 foragidos da Justiça, apreensão de 408 armas de fogo, 855 apreensões de drogas e a recuperação de 1.685 veículos com registro de furto ou roubo. Só em Goiânia, a PM recapturou 230 foragidos e retirou 87 armas de fogo ilegais de circulação.