Iris afirma que só pode cobrar melhorias no transporte se a passagem aumentar

O prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB) esteve no Jardim Botânico na manhã desta quinta-feira, 23, para celebrar convênio com a Faculdade Alfredo Nasser (Unifan) para a conservação do parque e falou sobre o provável aumento da passagem do transporte público na Região Metropolitana.

Segundo o prefeito, a determinação é de que seja feito um estudo do contrato das empresas e da atual situação do transporte antes de mais nada. Porém, Iris destacou que o reajuste é necessário para que a prefeitura possa cobrar melhorias no transporte por parte das exploradoras do serviço.

“Foi uma proposta minha ainda de candidato consertar o transporte coletivo da Grande Goiânia, mas nós não temos autoridade para exigir se não cumprirmos com nossa parte, que é o reajuste da passagem”, afirmou.

De acordo com o prefeito, entre as exigências para as melhorias no transporte estão ônibus novos e suficientes para atender à demanda dos passageiros. Já a prefeitura atuaria na tentativa de melhorar o trânsito para facilitar o tráfego desses ônibus.

LEIA MAIS: Funcionária nega acesso a informações da Câmara de Aparecida ao Folha Z

Prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB) fala sobre melhorias no transporte e aumento na passagem | Foto: Marco Faleiro
Prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB) fala sobre melhorias no transporte e aumento na passagem | Foto: Marco Faleiro

Empresas no vermelho

“O que nós não podemos é ficar sem tomar a atitude que nos cabe e exigir daqueles que, segundo consta, estão em situação financeira muito difícil”, disse Iris Rezende, e ainda completou: “Aumentar mais 20, 30 centavos nos dará direito de exigir da empresas: cumpram o contrato ou vamos tomar medidas mais radicais”.

Ainda segundo o prefeito, o Ministério Público será convocado para auxiliar os municípios nessa avaliação. “O Governo Estadual, a Prefeitura de Goiânia e outras prefeituras que integram o sistema metropolitano de transporte coletivo vão tomar uma atitude”, afirmou o peemedebista.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook