Israel anuncia descoberta de anticorpo para o coronavírus

Instituto assegura que método desenvolvido ataca e neutraliza o vírus nas pessoas doentes

anticorpo para o coronavírus
Profissional de saúde realiza teste para o novo coronavírus | REUTERS/Ueslei Marcelino

O Instituto de Israel para a Investigação Biotecnológica, ligado ao Ministério da Defesa do país, anunciou que desenvolveu um anticorpo para o coronavírus.

A entidade também prepara a patente para depois entrar em contato com empresas farmacêuticas, com o objetivo de produzir em escala comercial.

Em comunicado, o instituto assegura que o anticorpo desenvolvido ataca e neutraliza o vírus nas pessoas doentes.

O ministro da Defesa de Israel, Naftali Benet, em visita ao laboratório do instituto em Nezz Ziona, ao sul de Tel Aviv, disse que o “anticorpo ataca o vírus de forma monoclonal”.

Além disso, Benet afirmou que o trabalho desenvolvido é uma “grande conquista”.

Vacina contra o coronavírus

De acordo com a publicação digital Times of Israel, no mundo há cerca de uma centena de equipes de investigação à procura de uma vacina para o novo coronavírus, sendo que cerca de uma dezena estão, neste momento, em fase de teste em seres humanos.

Especialistas avisaram, em março, que o processo após o desenvolvimento de uma vacina em laboratório pode demorar pelo menos 18 meses.

Em nível global, segundo a agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 250 mil mortes e infectou mais de 3,5 milhões de pessoas em 195 países.

Redação com informações da Agência Brasil.

Aparecida vai sortear 1.200 moradores para testes da covid-19


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook