Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Rodrigo Jogo Limpo

Quem diria!

Grupo Jaime Câmara (Foto: Divulgação)
Grupo Jaime Câmara (Foto: Divulgação)

Demorou, mas finalmente o Grupo Jaime Câmara (GJC) desceu do pedestal em que se mantinha na negociação com clientes. A sua área comercial simplesmente não aceitava discutir tabela de preços e descontos. Em tempos de vacas magras a conversa passou a ser outra. Agora as propostas telefônicas oferecem 20% de desconto sobre a oferta da concorrência e citam nominalmente os jornais “O Hoje” e “Diário da Manhã”, algo inusitado em se tratando de GJC.

Alma do negócio

A estratégia agressiva, e mais humilde, provocou reação positiva entre os anunciantes. “Acordaram para a lei de mercado. Antes tarde do que nunca”, disse um deles. O espírito competitivo está estampado hoje em anúncio da quase uma página no segundo caderno de “O Popular”. O Grupo Jaime Câmara exalta “estrutura, qualidade, rapidez, profissionalismo e credibilidade do seu imenso parque gráfico” e convida o leitor a fazer um orçamento. Nada como um dia após o outro com uma crise econômica no meio.

Só pensam naquilo

No julgamento de quarta-feira, 10, foi apontado que Alckmin não informou a totalidade das doações recebidas nas duas prestações de contas parciais
Governador de São Paulo Geraldo Alckmin (Foto: Reprodução)

Homenagens, vinhos e passeios dos tucanos pelos Estados Unidos resultaram em manchete com gosto de café requentado: FHC e Alckmin atacam Lula e poupam Dilma. Estranho seria o contrário. O ex-presidente que um dia foi chamado de “o cara” por Barack Obama é o único a ameaçar a volta do PSDB ao poder em 2018. Pelo menos na cabeça de FHC e sua turma, que gostariam de trocar o senador Aécio Neves pelo governador Geraldo Alckmin antes do início da disputa.

Sinal amarelo

O lado bom de denúncias como a que provocou o fechamento temporário da Churrascaria Gramado da avenida T-63 é o estado de alerta em que ficam os demais estabelecimentos do setor. Nenhum proprietário de bar ou restaurante quer ser o próximo na lista de exposição negativa em redes sociais e na imprensa. Por isso houve corre-corre geral para promover adequações até então ignoradas em função da fragilidade na fiscalização por parte dos órgãos públicos.

Devagar, quase parando

Detran GO (Foto: Reprodução)
Detran GO (Foto: Reprodução)

O tempo passa, o tempo voa e o Detran não continua numa boa. O presidente João Furtado poderia estar apenas colhendo os louros da farta mídia distribuída aos veículos de comunicação e também da entrega do Prêmio Detran de Jornalismo aos profissionais da área. As duas ações, entretanto, não são suficientes para camuflar a permanente insatisfação dos usuários com a prestação de serviços do órgão. Ronildes Moreira, leitor de “O Popular” em Bela Vista de Goiás, chegou a sugerir que uma tartaruga seria capaz de entregar o documento do seu veículo mais rápido do que o Detran.

Tem pai que é cego

A produção e os gastos com festas infantis estão superando as expectativas dos organizadores. Uma delas, realizada há oito dias no Setor Bueno, saiu pela bagatela de R$ 60 mil com direito a belos príncipes e princesas em carne e osso. O sonho romântico da mãe se realizava na filha de 3 anos, enquanto o pai tropeçava nas mesas bebendo doses e mais doses de uísque com os amigos. Dá pra imaginar o final da história: o marido dormindo no sofá da festa e a esposa, constrangida, sendo consolada por um dos príncipes.

Comentários do Facebook