Jornalistas são mortos durante transmissão ao vivo

Suspeito aponta arma para a repórter momentos antes de atirar (Foto: Reprodução)
Suspeito aponta arma para a repórter momentos antes de atirar (Foto: Reprodução)

Uma repórter, de 24 anos, e um cinegrafista, de 27, jornalistas de uma TV afiliada à CBS, foram mortos a tiros nesta quarta-feira (26) durante uma entrevista ao vivo na cidade de Moneta, Virgínia, nos Estados Unidos.

O suspeito filmou toda a ação. Ele seria um ex-empregado da emissora e atirou em si mesmo após matar os jornalistas. O atirador foi preso e seu estado de saúde é considerado crítico.

Vester Lee, de 41 anos, teria disparado cerca de sete tiros contra as vítimas. Uma mulher, que era entrevistada no momento do ataque, foi baleada nas costas, mas não corre risco de morte.

A motivação do crime pode ter relação com comentários racistas feitos pela repórter. Já o cinegrafista, fez uma reclamação do suspeito quando eles trabalharam juntos.

Comentários do Facebook