Fecomércio: José Carlos ganha força para disputar presidência

José Carlos Palma falou ao Folha Z sobre disputa da presidência da Fecomércio | Foto: Valdemy Teixeira
José Carlos Palma falou ao Folha Z sobre disputa da presidência da Fecomércio | Foto: Valdemy Teixeira

Às vésperas da eleição que definirá o novo presidente da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio), a lista de nomes que concorrerão ao cargo começou a se afunilar.

Após o fim da sua gestão à frente do Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO), José Carlos Palma é cotado para a disputa.

José Carlos esteve à frente do Sindilojas por dois mandatos (2010 a 2018) e seu nome é visto com simpatia por empresários e representantes sindicais para assumir a Fecomércio após a saída de José Evaristo dos Santos.

publicidade

Palma, no entanto, ainda não fala como candidato. “Dentro desse grupo tem pelo menos quatro nomes com condições de presidir a Fecomércio. Nós não estamos fechados em torno de um nome, nós temos um propósito, um objetivo para buscar a direção”, disse.

Em entrevista ao Folha Z, o ex-presidente do Sindilojas disse estar confiante na vitória deste grupo que, segundo ele, “tem como foco exclusivo a defesa dos interesses dos comerciantes goianos”.

Na eleição agendada para maio de 2018, 29 sindicados votarão para escolher o novo presidente da Fecomércio.

Apenas outro grupo articula para o pleito. Ele é encabeçado por Marcelo Baiocchi, que dá nome à imobiliária de sua propriedade.

LEIA MAIS: Os 5 bairros onde há mais roubo de carros em Goiânia

Sindilojas

No dia 23 de março, tomou posse na presidência do Sindilojas Eduardo Gomes dos Santos, que assume mandato até 2022.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter