Jovem de 19 anos morador do Cidade Livre está desaparecido

"Eu não consigo dormir mais, de tanta angústia. Fico com medo de que as pessoas da rua possam machucar meu neto", contou desesperada a avó. Jovem sofre de esquizofrenia e toma remédio controlado

Jovem Cidade Livre desaparecido
Jovem do Cidade Livre, em Aparecida, está desaparecido | Foto: Arquivo pessoal

Um jovem morador do bairro Cidade Livre, em Aparecida de Goiânia, identificado como Anderson Felipe Silva Ribeiro, de 19 anos, está desaparecido desde o dia 13 de fevereiro.

O rapaz teria saído de casa durante a noite, somente com a roupa do corpo, e não foi mais visto por familiares.

Folha Z entrou em contato com a avó do jovem, Maria Rita Ribeiro dos Santos, de 58 anos, que deu detalhes do desaparecimento do neto.

Jovem desaparecido

Anderson Felipe Cidade Livre Aparecida desparecido
Anderson Felipe, de 19 anos, está desaparecido | Foto: Reprodução

Segundo a dona de casa, Anderson Felipe teve um surto esquizofrênico (distúrbio que afeta a capacidade da pessoa de pensar, sentir e se comportar com clareza) e deixou a casa subitamente.

A família mora na Rua Alis, no Cidade Livre, em Aparecida.

Maria Rita contou que o rapaz usava bermuda azul, camisa listrada e chinelo quando desapareceu.

Por conta da doença, Anderson Felipe toma remédio controlado.

A avó disse também que o neto cortou o cabelo baixo e está parcialmente loiro.

Surto psicótico

Anderson Felipe Cidade Livre desaparecido
Morador do Cidade Livre, Anderson Felipe, foi visto pela última vez dia 13 de fevereiro | Foto: Arquivo pessoal

De acordo com Maria Rita, por conta da esquizofrenia, Anderson Felipe imagina que é um criminoso usuário de tornozeleira eletrônica.

Na mente dele, segundo a avó disse à reportagem, ele teria fugido da prisão e tirado o aparelho.

Boletim de ocorrência

Na última sexta-feira, 14, Maria Rita foi até a 3ª Delegacia de Polícia (DP) Distrital de Aparecida de Goiânia para registrar um boletim de ocorrência (BO).

No local havia um policial militar que disse ter visto o jovem na madrugada do dia do desaparecimento.

O PM contou a Maria Rita que Anderson teria abordado a equipe em patrulhamento solicitando ser levado ao presídio, por ser foragido da Justiça.

Ao checar a informação, o policial constatou que o jovem não possuía passagens e o liberou. Depois disso, ele não foi mais visto.

“Eu não consigo dormir mais, de tanta angústia. Fico com medo de que as pessoas da rua possam machucar meu neto”, desabafou Maria Rita à reportagem.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Anderson Felipe pode ser passada ao número (62) 9.8621-2052.

Mãe anda pelas ruas de Aparecida em busca do filho desaparecido


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook