VÍDEO: Ladrão faz sinal da cruz antes de furtar moto em Goiânia

Operação Blasfêmia atingiu quadrilha que adulterava veículos e os vendia na internet na capital

Dois homens foram presos nesta quinta-feira, 4, suspeitos de roubar motos, adulterá-las e depois vendê-las na internet.

Segundo a Polícia Civil, um deles ainda fazia o sinal da cruz, gesto cristão para se benzer, antes do delito.

Confira nos vídeos:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Folha Z (@folhaz) em

A operação, batizada de blasfêmia, foi deflagrada nesta quarta-feira, 3.

A PC cumpriu 9 mandados de busca e apreensão em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Inhumas, Mozarlândia e Caldas Novas.

Com as ações, a Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos e Veículos Automotores (DERFRVA) conseguiu recuperar 4 motos roubadas.

Delas, 3 já estavam adulteradas.

Ladrão de motos faz sinal da cruz
4 motos foram recuperadas pela polícia durante a operação | Foto: divulgação

A quadrilha

De acordo com as informações, são 5 pessoas que fazem parte da associação criminosa.

Magnus Rafael Lima Silva, de 35 anos, é apontado como chefe do grupo e foi preso durante a operação.

Ele possui passagens na polícia por extorsão, furto e roubo a residência.

Conforme o delegado responsável pela investigação, Marco Aurélio Euzébio Ferreira, Magnus levava os autores aonde as motos estavam estacionadas para que fossem furtadas.

O grupo é investigado desde outubro de 2018.

Já o outro suspeito que fazia o sinal da cruz é Roberto Gaudeny de Oliveira Gonçalves, de 37 anos. Ele também foi detido na operação.

Roberto também já possui ficha criminal, inclusive sendo preso no início deste ano. Ele foi solto depois de uma audiência de custódia.

O terceiro suspeito é Maxilano Pereira, de 35 anos. Ele já está preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Maxilano praticava os crimes antes de ser encarcerado juntamente com Roberto, no início do ano.

Os outros dois suspeitos de participarem da associação criminosa estão foragidos.

Roubo de moto ladrão sinal da cruz
Objeto utilizado para roubas as motos | Foto: divulgação

Roubos

A PC ainda não tem o número de motos roubadas, adulteradas e vendidas.

Segundo o delegado, o montante de roubos é extenso, já que o grupo atuava quase todos os dias.

Ainda conforme as investigações, o grupo anunciava na internet que as motos teriam sido obtidas por leilão.

Eles inclusive teriam falsificados notas de arrematação de leilão para sustentar o anúncio.

Ladrão de moto faz sinal da cruz
3 das motos recuperadas já estavam adulteradas para vender | Foto; divulgação

GCM reage a assalto e mata assaltante em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz)

Comentários do Facebook