Livro de Claudia Leitte financiado com dinheiro público gera revolta na internet

Imagem teve milhares de compartilhamentos (Foto: Reprodução/Facebook)
Imagem teve milhares de compartilhamentos (Foto: Reprodução/Facebook)

Depois de o Ministério da Cultura divulgar que autorizou a captação de R$ 356 mil para a realização de uma biografia da cantora Claudia Leitte, internautas se mobilizaram nas redes contra a ação.

Uma imagem que protestava contra a captação da verba teve dezenas de milhares de compartilhamentos e a página da cantora no Facebook ficou lotada de questionamentos sobre a intenção de usar a Lei Rouanet para a realização do livro com história pessoal.

Segundo o jornal “Estado de São Paulo”, o projeto da biografia foi cancelado mesmo com a captação de recursos autorizada.

A respeito do caso, o Ministério da Cultura publicou nota dizendo que o projeto do livro “tramitou regularmente” e que os critérios “não poderão ser objeto de apreciação subjetiva quanto ao seu valor artístico ou cultural”.

LEIA MAIS: Câmara aprova projeto que proíbe foie gras em Goiânia

Já a empresa que representa a cantora afirmou em nota que soube da aprovação do projeto por meio de reportagens veiculadas na imprensa e “repudia notícias maldosas que sugerem que Claudia Leitte se beneficia de incentivos fiscais e informa ainda que [o projeto] já estava abortado e será arquivado no MinC”.

Comentários do Facebook