Macacos do Parque Areião passam por exames

Os dados serão analisados pelo IPTSP/UFG em parceria com o Instituto Evandro Chagas – IEC/PA
Os dados serão analisados pelo IPTSP/UFG em parceria com o Instituto Evandro Chagas – IEC/PA

A Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), através da Gerência de Proteção e Manejo da Fauna Silvestre (Gefau) e do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás (IPTSP/UFG), irá capturar os macacos do Parque Areião, no dia 12, para realização de coleta de sangue, marcação e avaliação física. O intuito desse estudo é verificar o estado de saúde dos animais.

Os dados serão analisados pelo IPTSP/UFG em parceria com o Instituto Evandro Chagas – IEC/PA. Os pesquisadores acreditam que essa pesquisa pode colaborar de forma importante na prevenção de disseminação das arboviroses para proteção da população humana e dos animais, como os primatas não humanos (PNH) que são considerados “sentinelas” para a circulação desses vírus. “Um ambiente equilibrado e protegido é essencial para a conservação da biodiversidade e da qualidade de vida da população humana”, finaliza a gerente da Gefau, Laura Wiederhecker.

Comentários do Facebook