Mãe é indiciada por facilitar estupro do próprio filho em Formosa

Investigações apontam que a mãe teria facilitado o estupro do próprio filho | Foto: Reprodução
Investigações apontaram que a mãe teria facilitado o estupro do próprio filho | Foto: Reprodução

Uma mulher de 22 anos foi indiciada pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente de Formosa (GO) por ter contribuído para o estupro do próprio filho, um bebê de apenas 1 ano e oito meses.

O amante da mulher foi o autor do estupro, que ocorreu na casa do criminoso em abril deste ano.

Assim, ela responderá pela pela prática de crime de estupro de vulnerável, com pena de até 15 anos de prisão.

LEIA MAIS: Acusado de estuprar bebê de menos de 2 anos é preso em Formosa

Ruf Medicina 300 x 250

As investigações policiais responsabilizaram a mulher por participar do estupro do próprio filho porque, além de não ter evitado que o crime ocorresse, facilitou a prática dos abusos.

Ainda de acordo com as investigações, a mãe da criança costumava frequentar o local para praticar sexo e consumir drogas e bebidas.

Depois de praticar o crime, o homem, de 36 anos, fugiu. Porém, ele foi localizado e preso no dia 24 de maio.

Na ocasião, o homem confessou o estupro e disse que se encontrava regularmente com a mãe do bebê.

Relembre o caso

Foi no dia 21 de abril que a criança deu entrada na  Unidade de Pronto Atendimento Infantil de Formosa apresentando lesões na região anal.

Um laudo policial concluiu que as lesões anais tiveram como origem a prática de violação sexual.

O autor do crime estava foragido.

As equipes coletaram testemunhos e indícios de paradeiro do acusado, até que ele foi encontrado no dia 24 de maio em zona rural de Formosa, próximo ao Distrito do Bezerra, a mais de 30 km do Centro da cidade.

Devido aos fatos, a mãe perdeu a guarda da criança.

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter