Matheus Ribeiro leva um pouco de Jackson Abrão para a bancada do JN

Goiás vai aplaudir dois homens da notícia, marcados pelo “Boa noite!” e o “Tchau, obrigado!”

O universo conspirou a favor do jornalista Matheus Ribeiro, 26 anos, natural de Piracanjuba.

Ele será o apresentador de Goiás no rodízio de profissionais em comemoração aos 50 anos do Jornal Nacional da Rede Globo, o telejornal mais representativo do país.

Matheus já se encontra no Rio de Janeiro em preparação, junto com a colega Larissa Pereira (PA), para assumir a bancada no próximo sábado, a partir das 20h30.

Não o conheço pessoalmente, mas admiro seu profissionalismo, competência e simpatia com os telespectadores.

Por isso peço licença para contar-lhe um segredo: já imaginei várias vezes o jornalista Jackson Abrão, 73 anos, natural de Catalão, protagonizando a honrosa missão de representar os goianos em rede nacional.

Mantenho com Jackson um convívio semanal de quase 30 anos e ouvi diversos relatos sobre os bastidores da relação TV Anhanguera/Rede Globo.

Poucos sabem, mas uma das imitações preferidas do apresentador William Bonner é a voz de Jackson Abrão.

Minha imaginação corria solta vislumbrando a simples perspectiva do encerramento do JN com a entonação inconfundível do Jackson: “Boa noite!”.

Sucesso semelhante ao “Tchau, obrigado!” que já é a marca registrada do Matheus todas as noites.

Universo não poderia privar Jackson Abrão de assistir, de camarote, a participação histórica de Matheus Ribeiro no Jornal Nacional | Foto: Montagem / Folha Z
Universo não poderia privar Jackson Abrão de assistir, de camarote, a participação histórica de Matheus Ribeiro no Jornal Nacional | Foto: Montagem / Folha Z

Documentário

As coincidências não param por aí. 2016 marcou a comemoração dos 70 anos de vida e 52 anos de profissão de Jackson Abrão. Momento em que Matheus assumia a bancada do JA/2ª edição.

Em agosto daquele ano foi lançado o documentário “O Homem da Notícia”, produzido pelo jornalista Bruno Cunha, contando a história vitoriosa de Jackson Abrão no jornalismo goiano.

Eu estava lá, sentado na poltrona do Shopping Bougainville, e pensava com meus botões: “Qual será o passo seguinte depois de um reconhecimento tão marcante?”.

Jackson seguiu como comentarista na tevê e assumiu um programa de entrevistas no site do jornal O Popular.

Em julho deste ano sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) que o afastou temporariamente das atividades profissionais. Já está totalmente recuperado.

O universo não poderia privar Jackson Abrão de assistir, de camarote, a participação histórica de Matheus Ribeiro no Jornal Nacional.

Os aplausos dos goianos, não tenho dúvida, serão direcionados ao mestre, que marcou uma geração, e ao discípulo, que criou o seu próprio estilo.

Jackson Abrão e Matheus Ribeiro, dois homens da notícia!

Matheus será o 1º âncora abertamente gay no JN


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook