Menino de 13 anos morre eletrocutado dentro de casa em Goianira

Segundo delegado, foi o pai da vítima quem instalou a cerca elétrica caseira que causou o acidente

Um menino de 13 anos morreu depois de ser eletrocutado na cerca de um canil dentro de casa, no Residencial Triunfo, em Goianira, Região Metropolitana de Goiânia.

O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira, 13.

Segundo o delegado de Inhumas, Miguel Mota, o pai da vítima foi quem instalou a cerca elétrica caseira na grade do canil.

Ele responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Cerca elétrica

Mota disse que o pai colocou a cerca há 4 dias, mas depois desligou. Porém, o menino encostou na grade, que ainda estava energizada.

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, o irmão da vítima, ao chegar da escola, foi quem teria encontrado o corpo do garoto.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas o adolescente já estava sem vida no momento da chegada do socorro.

Ainda conforme o delegado, o pai será detido em flagrante e será atribuída uma fiança. Caso não pague, ele seguirá preso.

O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado.

Agora, uma equipe realiza perícia no local para finalizar as investigações.

A vítima, Jeremias Ferraz Almeida da Silva, cursava o 7º ano no Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) de Goianira.

Motociclista fica gravemente ferido após acidente na Serra das Areias


Acompanhe tudo que acontece em Goiás seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook