Motorista de aplicativo dirigiu esfaqueado até um hospital no Setor Marista, em Goiânia | Foto: Leitor / FZ
Motorista de aplicativo dirigiu esfaqueado até um hospital no Setor Marista, em Goiânia | Foto: Leitor / FZ

Um motorista de aplicativo morreu na noite desta segunda, 2, após ser esfaqueado no lado esquerdo do pescoço em Goiânia.

Mesmo ferido, Ismael Ribeiro, de 55 anos, dirigiu seu carro por 200 m até um hospital no Setor Marista.

Porém, após desmaiar ao volante, ele acabou colidindo contra a fachada de vidro na entrada do hospital.

Atendido por socorristas da unidade, Ismael não resistiu aos ferimentos e teve óbito declarado por volta das 19h30.

Ismael Ribeiro era casado e deixa 2 filhos. Ele era motorista de aplicativo havia apenas 2 semanas.

Seu corpo deve ser enterrado, nesta terça, 3, no Cemitério Jardim da Paz, em Aparecida de Goiânia.

Ismael Ribeiro era motorista de aplicativo havia apenas 2 semanas. Ele era casado e deixa 2 filhos | Foto: Arquivo Pessoal
Ismael Ribeiro era motorista de aplicativo havia apenas 2 semanas. Ele era casado e deixa 2 filhos | Foto: Arquivo Pessoal

Suspeita

De acordo com o presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativos do Estado de Goiás (Amago), Leidson Alves, Ismael estava a caminho de iniciar uma corrida quando bateu contra o carro de um coletor de recicláveis.

Ainda segundo o presidente, foi após uma discussão que esse homem teria esfaqueado o motorista.

Já para o perito criminal Yure Lima, o ferimento no lado esquerdo do pescoço indica que o agressor golpeou Ismael através da janela do carro.

Depois dos fatos, o suspeito fugiu e ainda não foi localizado.

Agora, o caso é investigado pela Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Policial mata namorado da ex e tira a própria vida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook