Motorista de Uber é preso suspeito de estupros em Goiânia

Motorista de Uber teria cometido dois estupros e tentado cometer um terceiro em Goiânia | Foto: Wildes Barbosa
Motorista de Uber teria cometido dois estupros e tentado cometer um terceiro em Goiânia | Foto: Wildes Barbosa

Foi apresentado à imprensa na manhã desta segunda-feira, 30, um homem suspeito de dois estupros em Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, Alexandre Rodrigues de Souza, de 41 anos, cometeu os crimes enquanto prestava serviço de motorista de Uber.

Casado e pai de uma filha pequena, ele foi preso na última sexta em sua residência no Setor Garavelo B, após trabalhar como motorista por um ano e meio. Segundo a titular da Delegacia Estadual de Atendimento à Mulher, Ana Elisa Gomes, ele teria cometido os estupros nos últimos três meses, além de uma tentativa de estupro no dia 19 de novembro do ano passado.

LEIA MAIS: Jovem salta de veículo em movimento e escapa de estupro na Grande Goiânia

Objeto era usado para dar choque nas vítimas do estuprador | Foto: Wildes Barbosa
Objeto era usado para dar choque nas vítimas do estuprador | Foto: Wildes Barbosa

Como agia

De acordo com o que apurou a investigação, o criminoso agia sempre durante a madrugada. Dirigindo um Ford Ka, o motorista tinha como alvo mulheres que saíam de shows ou boates no Setor Marista, na capital.

Para evitar o registro dos seus passos, ele combinava com a vítima um valor fixo pela corrida e em seguida desligava o aplicativo. Alexandre também roubou celulares e pertences das vítimas, além de agredi-las com uma lanterna de choque.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook