[VÍDEO] Motorista do Uber teria atropelado taxista antes de ser agredido

Motorista de Uber mostra marcas da agressão cometida por taxista (Foto: Reprodução)
Motorista de Uber mostra marcas da agressão cometida por taxista (Foto: Reprodução)

Suspeitos de agredir o motorista do Uber Luis Henrique Silva, de 24 anos, taxistas foram até a o 1º Distrito Policial de Goiânia, na última quinta-feira (18), depor e apresentar vídeo que mostra momento em que um deles teria sido atropelado. À Polícia Civil, os taxistas disseram que o homem que dirigia o carro no vídeo é o motorista do Uber.

VEJA O VÍDEO ABAIXO

Porém, segundo Luiz Henrique, ele se sentiu acuado: “O pessoal estava me fechando, não tinha nenhuma escapatória e eles estavam vindo com intenção de fazer não sei o quê. Tinha nove táxis. Me bateu um desespero. Três estavam saindo do carro e vindo de encontro a mim. Único lugar que eu tinha era aquele reto. Dá para ver o momento em que vou reto com o carro e o taxista entra na frente, e eu acabo pegando ele”, explicou.

O caso

Tudo aconteceu no último dia 13 de agosto, em frente a uma boate no Setor Sul. O motorista do Uber afirmou que foi até o local buscar um cliente, que acabou desistindo da corrida. Depois disso, de acordo com ele, seis taxistas chegaram e iniciaram agressões verbais e físicas.

No vídeo apresentado pelos taxistas, percebe-se que o carro do Uber é fechado por outro veículo. Logo depois, um homem vai em direção ao carro fechado. É então que este dá ré, atropela o taxista e foge.

LEIA MAIS: Delegada diz que estudante não mentiu sobre suposto estupro na UFG

O atropelado, taxista William Fernandes Gomes, foi à delegacia depor  e apresentou relatório médico de lesões corporais. “No dia, a mão estava inchada, cortei aqui, também ralei o joelho”, disse. Os taxistas afirmam que quem iniciou as agressões foi o motorista de Uber.

Delegado responsável pelo caso, Izaías Pinheiro disse apenas que analisará as imagens e ouvirá testemunhas oculares para compreender o caso.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook