Mulher encontra R$ 700 em ônibus e entrega para o motorista em Goiânia

Homem recupera R$ 700 que perdeu em ônibus em Goiânia | Foto: Reprodução
Homem recupera R$ 700 que perdeu em ônibus em Goiânia | Foto: Reprodução

Uma passageira do transporte coletivo em Goiânia encontrou mais de R$ 700 dentro de um ônibus na última segunda-feira,25, e fez algo em que poucos acreditariam.

Dentro de uma bolsa esquecida dentro do veículo havia R$ 702,75. A mulher nem pensou duas vezes antes de entregar o objeto ao motorista do ônibus.

Sem nenhum documento dentro da bolsa, o dono só foi encontrado por que utilizou de um serviço pouco conhecido da RMTC (Rede Metropolitana de Transporte Coletivo).

Ele registrou a perda do objeto no “Tá na Mão”, serviço de perdidos e achados da rede.

Emancipação Aparecida 300×250

De posse da informação, os funcionários da RMTC identificaram o proprietário do dinheiro como Valdecy de Jesus da Silva, um vendedor de cocadas de 59 anos.

Valdecy recebeu a ligação na manhã desta terça, 26. Ficou incrédulo ao receber a notícia de que sua bolsa havia sido achada.

Ele perdeu a bolsa no meio da tarde, quando saía de um ônibus da linha 004 no Terminal Bandeiras.

O trabalhador contou ainda que usaria o dinheiro para pagar aluguel e também para comprar os materiais necessários para o seu trabalho.

LEIA MAIS: Com 35º de escoliose, jovem espera há anos por cirurgia em Aparecida

Heroína anônima em Goiânia

Quem guardou a bolsa com o dinheiro de Valdecy foi o motorista de ônibus Cirio Pereira dos Santos.

Mas, segundo ele, a grande heroína da história dificilmente receberá um nome.

Isso porque ela não se identificou ao entregar o objeto ao motorista após encontrá-lo entre os bancos do veículo.

Porém, sua boa ação ajudará Valdey a pagar aluguel, água e energia da sua casa.

Para manter as contas em dia, ele diz trabalhar por 12 horas diariamente, vendendo cerca de 100 das suas cocadas.

Emocionado, Valdecy agradeceu ao motorista. E à mulher, ainda que desconhecida.

Tem alguma pauta interessante para nos mandar? Entre em contato com o WhatsApp do Folha Z.