O assento mais seguro em um avião de acordo com análise de série de acidentes | Foto: Channel 4
O assento mais seguro em um avião de acordo com análise de série de acidentes | Foto: Channel 4

Apesar de ser uma das formas mais seguras de transporte, muita gente ainda tem receio de voar de avião.

De acordo com um estudo realizado no Reino Unido, a cada 67 mil voos, a probabilidade é de que ocorra apenas 1 acidente aéreo.

Mas, para que desse acidente resulte morte de passageiros, a chance é menor ainda: 1 em 345 mil voos.

Para melhor um pouco mais suas chances de sobrevivência, que já são boas, o Folha Z descobriu qual é o assento mais seguro para escolher em uma aeronave.

Assento mais seguro

A agência de notícias “Popular Mechanics” analisou dados de todos os acidentes de aviões comerciais registrados nos EUA entre 2007 e 1971 que tiveram sobreviventes e vítimas fatais e chegou a uma conclusão.

Assentos na parte traseira do avião, depois da asa, têm chance de sobrevivência de 69%, enquanto assentos na região das asas têm 56%.

Já as cadeiras da parte frontal da aeronave demonstraram probabilidade de apenas 49%.

Assento menos seguro

Outra análise semelhante, mas que inclui dados de 1985 a 2015, foi feita pela revista “Time”.

Os números mostraram que assentos na terça parte traseira do avião têm taxa de mortalidade de 32%.

Menor que na região das asas (39%) ou na parte frontal (38%).

E o pior assento identificado foi o corredor central da aeronave, com 44% de taxa de mortalidade.

A publicação destacou que circunstâncias específicas de um acidente podem tornar esses números inaplicáveis.

Mas, na grande maioria dos casos, essas informações podem ser levadas em consideração.

Mas os especialistas também deram dicas para aumentar suas chances de sobrevivência independentemente de onde você estiver sentado.

“Preste atenção às instruções da aeromoça, memorize o número de assentos entre você e a saída mais próxima e esteja preparado para se portar com calma no caso de um improvável acidente acontecer”, reforçou a publicação.

Veja abaixo o vídeo com instruções de
segurança da empresa de aviação Latam:

Celular é fonte de contaminação com 23 mil fungos e bactérias


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook