O moderno que pouco resolve – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Câmeras de vigilância (Foto: Ilustrativa)
Câmeras de vigilância (Foto: Ilustrativa)

O moderno que pouco resolve

Com certeza você já viu ou ouviu algo sobre os “famosos” gabinetes de monitoramento, de observação ou de situação. O que menos importa é o nome, mas sim a sensação de controle, eficiência e modernidade que eles despertam. Dezenas de câmeras, gráficos e funcionários acompanhando tudo o que acontece no trânsito, no transporte coletivo, na segurança pública, no combate ao mosquito Aedes aegypti, enfim, nas áreas que mais afligem o cidadão. Cenário perfeito para entrevistas e frases de efeito das autoridades responsáveis. Pena que o retorno prático dessa tecnologia deixe muito a desejar.

Círculo vicioso

De que adianta diagnosticar problemas, propagar soluções e praticamente nada acontecer? Identificar, por exemplo, pontos de congestionamento sem a implantação da onda verde nas principais avenidas. Ou ainda registrar os atrasos nas linhas de ônibus sem a urgente ampliação da frota. Também não faltam imagens de bandidos em ação nas ruas e no comércio de Goiânia, entretanto o contingente de policiais civis e militares para investigar e prender os envolvidos não passa da metade do necessário. E a guerra contra o Aedes aegypti em Goiás? Um milhão de visitas a residências perdendo a disputa para seguidos atrasos no repasse de recursos aos municípios.

Difícil é fazer acontecer

As autoridades públicas hoje em dia se preocupam mais em demonstrar familiaridade com instrumentos de tecnologia do que alcançar o objetivo esperado pelo cidadão. Exatamente aquele que paga os impostos regularmente. Não há menor dificuldade em equipar uma sala com o que há de mais moderno. Trabalhoso mesmo é romper a burocracia e contrariar interesses na gestão pública.

LEIA MAIS: Defesa Civil alerta para mais alagamentos em Goiânia

Transporte público goiano vive crise permanente (Foto: Reprodução)
Transporte público goiano vive crise permanente (Foto: Reprodução)

Rápidas

… Notícia do dia: Ministério Público cobra serviço eficaz, seguro e regular no transporte coletivo. Algo que os usuários aguardam há pelo menos uma década.

… A morte por overdose do esquartejador Mohammed d’Ali Santos hoje no presídio, assassino da estudante inglesa Care Marie Burke em 20008, foi tratada como “providencial” entre os agentes carcerários.

LEIA MAIS: Mohammed d’Ali morre na cadeia

… A contratação do meia Robinho, ex-Santos e seleção brasileira, pelo Atlético/MG é daqueles momentos em que o clube acredita na queda de um segundo raio no mesmo local. O primeiro, no caso, foi Ronaldinho Gaúcho.

… O roliço atacante Nonato do Goianésia, quase um quarentão, ensinou à zaga do Goiás que posicionamento em campo faz toda a diferença. Foi o melhor em campo na vitória por 3 a 2 e saiu ovacionado ao som de “gordinho gostoso”.

Comentários do Facebook