T-7 e T-9 terão corredores EXCLUSIVOS de ônibus

Projeto de readequação das vias T-7 e T-9 não deve prejudicar comércio

No fim do ano passado, o prefeito Paulo Garcia anunciou alterações nas vias T-7 e T-9, no Setor Bueno
No fim do ano passado, o prefeito Paulo Garcia anunciou alterações nas vias T-7 e T-9, no Setor Bueno

Por Fernanda Kalaoun

No fim do ano passado, o prefeito Paulo Garcia anunciou alterações nas vias T-7 e T-9, no Setor Bueno. O projeto de implantação dos corredores de ônibus inclui readaptação urbana, fiscalização eletrônica e recuo das calçadas. Em março deste ano, a presidente Dilma Rousseff liberou mais de meio bilhão ao Estado de Goiás para obras de mobilidade urbana.

Além do Bus Rapid Transid (BRT) Norte e Sul, a prefeitura de Goiânia deverá utilizar o repasse de investimentos do PAC para corredores de transporte coletivo na Capital. Dentre as obras inclusas, os das avenidas T-7 e T-9. Para alguns comerciantes da região, os corredores atrapalham o acesso dos clientes nos estabelecimentos. Mas, segundo presidente do Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas), José Carlos Palma Ribeiro, as obras não devem trazer transtornos para os lojistas.

“Na realidade, os corredores já existiam nas avenidas T-7, T-9, Assis Chateaubriand. Ao contrário do corredor implantado na T-63, os projetos das vias T-7 e T-9 são maiores e incluem readequação das calçadas, área para carga e descarga, calçadas que comportam recuo, entre outros”, disse o presidente ao jornal Folha Z.

Comentários do Facebook