Pastor Walteir é um dos médicos especialistas no Hospital da Alma

“A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:9-10
“A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:9-10

Religioso tem fortes concepções sobre a importância da fé e a presença da igreja na vida dos fiéis

Por Marco Faleiro

O pastor Walteir Saturnino é um homem simples. Brinca ao dizer que os amigos sempre pedem para que ele compre um celular com compatibilidade para Whatsapp. Mas a simplicidade engana os desatentos: Walteir é o quinto vice-presidente do Ministério da Assembleia de Deus no Jardim América. Um homem com muitos compromissos, mas que, ainda assim, tira tempo para atender a todos. E não foi diferente com o Folha Z.

Templos exagerados

A humildade é justamente um dos pontos em que mais insiste o pastor. Para ele, algumas igrejas evangélicas perderam o foco, com construções grandiosas e exageradas, e se esqueceram do investimento maior que deveria ser feito na recuperação espiritual dos fiéis. Ele condenou atitudes como oferecer recompensas materiais aos crentes, ao invés de trazer tranquilidade e paz para as pessoas.

O pastor destacou que a mais recente reforma no templo da sede foi voltada apenas para dar conforto aos frequentadores. “O nosso templo reflete a alegria de vir à casa de Jesus”, enfatizou. E ainda disse que a beleza da fachada de vidro foi uma inspiração vinda do Espírito Santo. Segundo ele, todas as ações são em prol dos 250 fiéis e dos mais de 400 que frequentam em dia de ceia.

Hospital da alma

“A igreja é o hospital da alma”, insistiu o pastor. Segundo ele, muitas doenças, como depressão, ansiedade, alcoolismo, são tratadas por meio de orações, campanhas e jejuns. Mas ele deixa bem claro: “O paciente tem que ter fé, muita fé em Jesus. Quem cura é Ele; o medido dos médicos”. Walteir afirma que algumas angustias e dores só Deus cura e liberta.

Na visão do pastor, a instituição religiosa não está ali para obter lucro, e sim para curar os enfermos. Filho do presidente do Ministério, pastor Walteir acredita na força da Assembleia como ferramenta social. Para ele, a igreja consegue tirar muitos jovens das ruas, da criminalidade e das drogas, tudo através de iniciativas como a Escola Bíblica Dominical, voltada às crianças.

“Não podemos expulsar as pessoas falhas de dentro da igreja, mas amá-las”. Com essa frase, Walteir explicita o pensamento que rege o seu comportamento como cristão e também como administrador do ministério. Ele considera que a igreja existe para dar apoio a quem tem problemas, como a depressão. Citando Mateus 11:28, explicou que a fé é o melhor remédio para todos os males: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”.

Comentários do Facebook