Um jovem de 18 anos morreu após acidente na Marginal Botafogo na noite desta quarta-feira, 3.

Segundo testemunhas, ele conduzia uma motocicleta com uma garupa, também de 18 anos.

Supostamente em alta velocidade e debaixo de chuva, ele não conseguiu fazer a curva sob a ponte da Rua 10, no Setor Universitário, e acabou batendo em cheio contra o guard-rail da pista.

Na batida, uma das pernas do condutor foi arrancada e caiu às margens do Córrego Botafogo.

A garupa também ficou gravemente ferida após ser arremessada da moto.

Morreu durante a madrugada desta quinta, 4, o jovem que teve a perna arrancada em acidente na Marginal Botafogo | Foto: Leitor / Folha Z
Morreu durante a madrugada desta quinta, 4, o jovem que teve a perna arrancada em acidente na Marginal Botafogo | Foto: Leitor / Folha Z

GCM e PM

Instantes após o acidente, uma equipe da Guarda Civil Metropolitana (GCM) que passava pelo local ajudou nos primeiros socorros.

Segundo o GCM Ramalho, a equipe realizou a sinalização da pista e o balizamento do trânsito até a conclusão do atendimento às vítimas.

Um agente da Polícia Militar (PM) também atuou na ocorrência.

Foi o aspirante a oficial Salles, que chegou a usar a própria camisa como torniquete para estancar a hemorragia na perna do motociclista.

Perna do jovem caiu às margens do Córrego Botafogo após acidente na marginal | Foto: Leitor / Folha Z
Perna do jovem caiu às margens do Córrego Botafogo após acidente na marginal | Foto: Leitor / Folha Z

Hugo

Acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), ambos foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

A perna do jovem chegou a ser resgatada para que pudesse ser reimplantada, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

A passageira, por sua vez, passou por cirurgia e segue internada no Hugo.

Varredor morre após ser atropelado por caminhão em Senador Canedo


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no

Comentários do Facebook