Pirenópolis recebe palestra sobre violência

Palestra acontece no Teatro Sebastião Pompeu de Pina
Palestra acontece no Teatro Sebastião Pompeu de Pina

O Estudo Global sobre Homicídio 2013, divulgado em 2014 pelo Escritório sobre Drogas e Crime das Nações Unidas (UNODC, na sigla em inglês) apurou que mais de 10% dos assassinatos do mundo foram registrados no Brasil, o que coloca o País como o 16º mais violento do planeta. A taxa nacional é de 25,2 assassinatos a cada 100 mil habitantes, número 4 vezes maior que a média mundial, de 6,2/100 mil pessoas. Além disso, outros tipos de violência contribuem para tornar esta realidade ainda mais triste e alarmante, como contra a mulher e a criança.

Palestra

Conscientes que não cabe apenas ao poder público a responsabilidade de mudar essa realidade em seus municípios, estados e, consequentemente, do País, empresas e instituições particulares e governamentais promovem constantemente ações de combate à violência, usando como arma a informação para conscientização. Com este intuito, o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), em Pirenópolis, juntamente com o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), gestor da Unidade, realiza nesta sexta-feira, 30, Dia Mundial da Não Violência, palestra com a psicóloga Cida Alves, doutora em educação que atua no atendimento a pessoas em situação de violência.

O evento, que será realizado no Teatro Sebastião Pompeu de Pina, às 19h, tem entrada gratuita e pretende divulgar à comunidade Pirenopolina os tipos de violências mais comuns atualmente e modos de evitá-las. O dia 30 de janeiro foi proclamado pela ONU como o dia da não-violência em homenagem a Mohandas K. Gandhi, assassinado nessa data, em 1948. Trata-se de uma iniciativa voltada à educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos.

Palestra alusiva ao Dia Mundial da Não Violência

Onde: Teatro Sebastião Pompeu de Pina, em Pirenópolis

Quando: Sexta-feira, 30, às 19h

Quanto: Entrada Gratuita

Comentários do Facebook