Câmeras de segurança flagraram a confusão envolvendo um PM e uma mulher na saída de um motel, em Goiânia | Foto: Reprodução
Câmeras de segurança flagraram a confusão envolvendo um PM e uma mulher na saída de um motel, em Goiânia | Foto: Reprodução

Um policial militar de 31 anos foi preso após atirar contra uma mulher em uma confusão na saída de um motel que fica no Setor São Francisco, em Goiânia.

O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira, 18.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o soldado estava acompanhado de outras 2 pessoas, e teria se recusado a pagar a conta do estabelecimento.

Uma discussão foi iniciada com a atendente, até que o próprio dono do motel, ainda conforme a PC, efetuou um disparo contra a parede.

O proprietário do local também foi detido.

Discussão e tiros

Segundo informações preliminares, o PM se irritou por ter que pagar R$ 30 ao motel, alegando ter ficado pouco tempo no estabelecimento.

A funcionária do local disse que se o soldado não pagasse a conta, quem teria que arcar com a despesa seria ela mesma.

Em seguida, a PC disse que o policial ficou irritado e começou a xingar a mulher.

Na sequência, 1 das pessoas que estava com o PM desceu do carro e falou que ele tava armado.

A atendente do motel então chamou o dono do local, que dormia em uma suíte ao lado.

Tentando negociar, a PC disse que o proprietário deixou a conta por R$ 15, que foi aceita pelo soldado.

Contudo, a investigação apontou que o policial não foi embora e continuou xingando a mulher.

Neste momento, o dono do motel teria atirado para o chão.

Em resposta, segundo a delegada Caroline Paim, o soldado também teria atirado e fugido, baleando a atendente.

Acionada, a Polícia Militar (PM) analisou as imagens da câmera de segurança e identificou a placa do veículo.

O policial foi detido em flagrante na própria casa, no setor Urias Magalhães, por tentativa de homicídio.

Consequências

A funcionária ficou ferida no braço e foi levada a um hospital, mas não corre perigo.

O dono do motel foi preso e, com ele, um revólver calibre 38, sem registro, foi apreendido.

Ele já foi liberado após pagar fiança de R$ 3 mil.

Já com o policial, que também foi preso, foi encontrada uma pistola calibre .40, 3 carregadores e 43 munições intactas.

Foragido morre em confronto com a CPE no Independência Mansões


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida e Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook