Escrivão PC Aparecida feminicídio
Escrivão da PC de Aparecida evita feminicídio de personal trainer contra médica veterinária em Goiânia | Foto: Reprodução

Um escrivão da Polícia Civil (PC) de Aparecida de Goiânia evitou que uma tragédia ainda maior ocorresse na capital no último dia 28 de agosto.

As imagens de câmeras de segurança divulgadas no início da semana mostram o momento em que uma médica veterinária foi espancada pelo namorado.

Ele, personal trainer de 33 anos, agrediu a mulher quando os dois iam para a igreja.

Para evitar um possível feminicídio, o escrivão relatou à polícia que quase atirou no agressor.

No vídeo também é possível ver a intervenção do policial, que, armado, rende o suspeito.

“O rapaz era grande e muito forte. Desci com a arma na mão e apontei para ele. Dei ordens para ele deitar no chão, se ajoelhar com as mãos na cabeça, porém ele não obedeceu. Ficava andando de um lado para outro. Eu passei a afastá-lo da moça para ele não a agredir mais. Quase atirei nele. E ele ainda gritava que eu podia atirar porque ele ia matar a moça”, relatou o escrivão.

O policial civil estava próximo à cena do crime em um carro aguardando a filha, quando ouviu gritos de socorro e decidiu verificar.

Segundo ele, o agressor estava transtornado enquanto a vítima estava no chão chorando e toda machucada.

De arma em punho, ele teve que atirar para o alto na tentativa de conter o personal trainer até a chegada da Polícia Militar.

Câmeras de segurança

Nas imagens, é possível ver quando a vítima é agredida com socos e chutes.

Momentos antes, ela desceu do carro e andava em direção à portaria do Condomínio Diamante, na região sudoeste da capital, quando foi surpreendida pelo namorado.

Veja o vídeo:

A médica foi socorrida e encaminhada à emergência de um hospital particular, onde passou por exames.

Os resultados apontaram uma fratura no braço esquerdo. Uma cirurgia precisa ser realizada para correção do osso danificado.

Prisão

O personal trainer foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio. Ele continua preso, agora preventivamente.

Já na delegacia, o agressor confessou que tinha a intenção de tirar a vida da namorada, e agradeceu ao escrivão por ter impedido.

Aparecida teve 1 homicídio a cada 24h nos últimos 10 dias


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook