Policial da Rotam mata a mulher e tira a própria vida em Goiânia

O policial chegou a ser socorrido, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde | Foto: ilustração
O policial chegou a ser socorrido, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde | Foto: ilustração

O sargento da Polícia Militar (PM), Alessandro Rosa dos Santos, lotado no Batalhão de Rotam, matou a própria mulher e se matou após uma discussão na porta de uma distribuidora de bebidas no Jardim Bela Vista, em Goiânia, bem na divisa com o município de Aparecida.

O crime aconteceu na noite deste domingo, 14, na Rua Araucária.

A mulher morreu no local. O policial chegou a ser levado com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Geraldo Magela, localizada no Parque Flamboyant, em Aparecida de Goiânia.

Mas não resistiu aos ferimentos e veio à óbito na unidade de saúde.


Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)