A Prefeitura de Goiânia pretende empreender uma reforma e “grande revitalização” da Praça Universitária, que deve incluir a instalação de bases da PM e da GCM no local.

Os recursos para a empreitada virão de emenda impositiva de R$ 1,2 milhão do vereador Lucas Kitão.

O tema foi debatido em audiência pública realizada na tarde desta segunda, 4, no Palácio da Cultura.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan Mattos, a Seinfra já realizou um estudo sobre a revitalização geral do espaço.

Agora, o projeto será analisado por uma comissão formada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Escola de Belas Artes, Secretaria municipal de Cultura, estudantes e representantes da comunidade.

O objetivo é que o encontro de ideias “resgate o simbolismo da praça e possa ser promovida uma revitalização que reflita o sentimento da cidade”.

Preventivamente, a Seinfra já construiu 4 jardins de chuva dentro da praça e outros 5 no entorno para auxiliar a drenagem urbana e melhorar a umidade do ar.

Também foram substituídas as lâmpadas de vapor de sódio por lâmpadas Led nos 78 pontos existentes em toda a praça, sendo 34 na parte interna, com lâmpadas de 120 watts, e 44 na parte externa, com lâmpadas de 160 watts.

Reforma da Praça Universitária deve incluir a instalação de bases da PM e da GCM no local | Foto: Reprodução
Reforma da Praça Universitária deve incluir a instalação de bases da PM e da GCM no local | Foto: Reprodução

Detalhes da revitalização

Dolzonan Mattos antecipou ainda que o projeto desenvolvido pela Seinfra contempla também um posto da Guarda Civil Metropolitana para reforçar a segurança no local.

Com esse mesmo propósito, uma base da Polícia Militar (PM) também pode ser instalada na praça. A medida foi proposta em outubro por meio de requerimento do vereador Anselmo Pereira (PSDB).

De acordo com o anteprojeto desenvolvido pela Seinfra, a revitalização poderá contemplar uma pista de skate, pista de caminhada, recuperação do espelho d’água, calçadas acessíveis e uma nova configuração para o Bar da Tia.

Já a reconstrução da malha viária na parte interna da praça terá início ainda este mês.

“Estamos com o projeto desenhado e aguardamos a colaboração de arquitetos, urbanistas, estudantes e da sociedade em geral para finalizarmos e colocarmos em licitação o que estiver faltando para a revitalização da Praça Universitária, que deverá ter início entre os meses de março e abril do próximo ano”, declarou o secretário.

Atenção: Nova mudança no trânsito de Goiânia afeta fluxo no Centro


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook