Um vídeo, que viralizou nas redes sociais, mostra um grupo de presas cantando uma música de rap na Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia.

As imagens foram feitas de dentro de uma cela da ala feminina.

Cerca de 13 mulheres cantam e, durante o vídeo, elas falam que matam 1 leão por dia.

Na letra da música, elas ainda chamam o presídio de cidade de pedra, afirmam serem refém do Estado e que sentem saudade de casa.

Detentas sofrerão sanções disciplinares

Em nota, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) disse que “estão sendo tomadas as devidas providências”.

Além disso, a DGAP relatou que as detentas foram identificadas e serão submetidas a sanções disciplinares, de acordo com a Lei de Execução Penal.

A primeira voz é da mulher que está mais próxima da câmera e, em alguns momentos, as outras cantam em coro.

Veja o vídeo:

Acidente grave deixa 2 pessoas mortas e outras 6 feridas na BR-060


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida e Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook