Homem de 39 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa em Aparecida | Foto: Divulgação / PM
Homem de 39 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa em Aparecida | Foto: Divulgação / PM

Um homem de 39 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa em Aparecida.

A prisão foi realizada pela Polícia Militar na noite do último sábado, 13, no Jardim Eldorado.

De acordo com a PM, uma viatura trafegava pela Av. Goianazes quando se deparou com o suspeito todo sujo de sangue.

Ele segurava o corpo da esposa e estava ao lado de uma motocicleta caída ao solo.

A vítima, uma mulher de 33 anos, apresentava ferimentos de faca pelo corpo.

À polícia, o homem afirmou que ele e a mulher teriam sido abordados por 3 indivíduos, sendo 1 deles ex-marido da vítima.

Segundo seu relato, os agressores teriam esfaqueado a mulher e fugido do local.

GIH

Acionada, a Polícia Civil enviou uma equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) ao local.

Os agentes, então, realizaram apuração preliminar e identificaram contradições no relato do suspeito.

Procurado, o ex-marido da vítima foi localizado e apresentou álibi que atestava sua permanência em casa no momento dos fatos.

Além disso, os policiais ainda encontraram uma jaqueta suja de sangue e uma faca após buscas em uma mata próxima ao local do crime.

Jaqueta suja de sangue e faca foram encontradas após buscas em uma mata próxima ao local do crime | Foto: Divulgação / PM
Jaqueta suja de sangue e faca foram encontradas após buscas em uma mata próxima ao local do crime | Foto: Divulgação / PM

Prisão

Mesmo diante dos indícios de sua participação, o homem seguiu negando o crime.

Para confrontar os fatos, então, os policiais levaram a faca e a peça de roupa até a filha da vítima.

A menina de 15 anos, segundo a PC, reconheceu a faca e a identificou como um dos utensílios da casa.

Além disso, ela afirmou que a jaqueta era do seu padrasto.

Diante das evidência, o homem foi conduzido pela PM até o 1° Distrito Policial de Aparecida.

Lá, ele foi preso e autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo feminicídio.

Menina de 11 anos escreveu várias cartas
relatando abusos cometidos pelo pai em Goiânia


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook