Trabalho do Professor Alcides é reconhecido em premiação em Cuba

Professor Alcides recebe premiação em Cuba | Foto: Divulgação
Professor Alcides recebe premiação em Cuba | Foto: Divulgação

O aparecidense Professor Alcides recebeu na noite da última terça feira, 13, em Cuba, o título de Doutor Honoris Causa, da Organización de Las Américas para La Excelencia Educativa (ODAEE).

A instituição congrega mais de 700 Universidades de 22 países diferentes, com o objetivo de buscar a excelência no ensino, para formar um novo conceito de vida nas Américas, no qual o conhecimento seja utilizado para o bem estar das pessoas e das nações.

A ODAEE existe há 10 anos e promove anualmente um encontro para debate e apresentações de sugestões e projetos educativos que melhore a qualidade do ensino, com possibilidade de aplicação em diferentes países.

publicidade

Entre um ano e outro, a organização realiza pesquisas na área da educação, em busca de personalidades e instituições que se destacam na promoção do saber.

LEIA MAIS: Completando 64 anos, Professor Alcides recebe 5 homenagens emocionantes

Foi graças a estas pesquisas que o nome do Professor Alcides foi selecionado para receber o título de Doutor Honoris Causa da Educação.

De acordo com a presidente da ODAEE, Emelda Guerra, o homenageado é exponencial na promoção da educação no Brasil.

“A ODAEE tem acompanhado o avanço da UNIFAN, instituição de ensino superior que foi idealizada e é dirigida pelo Professor Alcides. Notamos sempre a preocupação com a qualidade do ensino oferecido, conciliado com a garantia de acesso de estudantes de famílias pobres. Ao termos certeza da responsabilidade direta do Professor Alcides sobre estes fatores, não tivemos dúvida que ele precisava ser chamado para participar da nossa organização e mais do que isto, merecia ser diplomado como Doutor Honoris Causa da Educação”, afirmou Emelda.

Certificados recebidos. É a primeira vez que a ODAEE oferece as duas honrarias a uma só pessoa | Foto: Divulgação
Certificados recebidos. É a primeira vez que a ODAEE oferece as duas honrarias a uma só pessoa | Foto: Divulgação

Discurso

Antes de receber a honraria, Alcides falou na conferência sobre a Educação com Excelência para Paz.

Seu discurso foi pautado na afirmação de Piaget, de que “a primeira meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente de repetir o que outras gerações já fizeram”.

O Professor discorreu sobre o elo entre a qualidade da educação e a paz no mundo, argumentando que seres que recebem o saber, orientados para a promoção do respeito às diferenças e o comprometimento com a satisfação de todos, serão capazes de gerar o bem-estar entre as pessoas e nações.

Ao final da conferência ele foi aplaudido de pé.

Professor Alcides proferindo a conferência. Ao final ele foi aplaudido de pé pelos presentes | Foto: Divulgação
Professor Alcides proferindo a conferência. Ao final ele foi aplaudido de pé pelos presentes | Foto: Divulgação

Embaixador

Além do título de Doutor Honoris Causa, a Organização de Las Américas para La Excelência Educativa também condecorou o Professor Alcides como Embaixador para a Paz no Mundo.

O homenageado dividiu com os colaboradores e alunos as honrarias recebidas:

“Naturalmente este é um dia especial. Pouquíssimas personalidades do mundo vão receber estas condecorações e isto é motivo de muita reflexão. Todos que me conhecem sabem que minha vida e a dedicação à educação se fundem. Sempre foi e sempre será minha primeira preocupação”, disse.

Alcides também ressaltou jamais ter pensado que “uma instituição que goza de respeito de todo o mundo, com sede em Cuba, estivesse observando minha conduta e o melhor é que além de observar, renderam homenagem, mostrando que andei e me mantenho andando no caminho certo”.

Ele fez questão de lembar que teve auxílio dos colaboradores da Unifan, “do mais simples dos serventes ao mais graduado dos pós doutores, pois a excelência na educação que oferecemos e a garantia do acesso aos estudantes pobres, conta com a participação direta de todos”.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter