projeto Saneago Aparecida
Projeto da Saneago para suprir a falta d'água em Aparecida | Foto: Divulgação

Um projeto da Saneamento de Goiás (Saneago) visa levar a água do Ribeirão João Leite a Aparecida de Goiânia, garantindo a regularidade do abastecimento na cidade.

O anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) nesta 3ª feira (11), durante visita à frente de serviços da etapa 2 do Linhão Central na cidade.

Segundo o Executivo, mais de 50% dos trabalhos, que estão acontecendo desde janeiro, já estão concluídos.

O projeto

O sistema Linhões Central e Sul deixará que parte da população fique independente dos poços artesianos e outras formas de abastecimento.

A expectativa da Saneago é inaugurar a etapa 2 em janeiro de 2021.

Cerca de 370 mil pessoas serão beneficiadas, nos bairros Conde dos Arcos, Independência, Industrial Santo Antônio, Parque Hayala, Polo Empresarial de Goiás (2ª Etapa), Veiga Jardim (parte) e Vila Oliveira.

Além deste trecho, estão em andamento os trabalhos nas etapas 1 e 3 do Linhão Central e no Linhão Sul.

A previsão é de que todos os linhões estejam concluídos até 2024.

Orçamento

Todas as etapas do sistema, depois de concluídas, somarão R$ 73,7 milhões em investimentos.

Somente o contrato da etapa 2 do Linhão Central tem valor de R$ 27,6 milhões.

O contrato da etapa 3 do Linhão Sul, que prevê a implantação de centros de reservação, estação elevatória, redes de distribuição e adutoras, está orçada no valor de R$ 25,3 milhões.

Já a etapa 1 do Linhão Central possui investimentos de R$ 7,1 milhões.

Por fim, a etapa 3 do Linhão Central conta com investimentos de R$ 13,7 milhões e se refere à construção do Centro de Reservação Veiga Jardim, estações elevatórias de água tratada e redes de distribuição.

LEIA MAIS: CNH Social terá 4 mil vagas para carteiras gratuitas ainda em 2020


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook