Quadrilha de mulheres que furtavam em Campinas é presa. Eram conhecidas como ‘Turma da Lazinha’

Turma da Lazinha praticava crimes na região norte de Goiânia (Foto: Divulgação/PM)
Turma da Lazinha praticava crimes na região norte de Goiânia (Foto: Divulgação/PM)

Foi presa na tarde desta sexta-feira (29) uma quadrilha composta por mulheres que praticavam furtos em comércios e nas plataformas da Avenida Anhanguera, no Setor Campinas, região norte de Goiânia.

Segundo divulgou a Polícia Militar (PM) em informações preliminares, as criminosas fazem parte de um grupo conhecido como “Turma da Lazinha”. A quadrilha tem na capital a fama de praticar pequenos furtos em meio a aglomerações. De acordo com as investigações, as mulheres se aproveitam do descuido das vítimas que, em plena luz do dia, tinham seus bens subtraídos em momentos de desatenção.

LEIA MAIS: Dilma quer impedir operadoras de limitar banda larga

Quatro suspeitas foram capturadas pela PM, mas outras duas conseguiram escapar e estão foragidas. As detidas não apresentaram documentos e foram conduzidas para a Central de Flagrantes, no Setor Cidade Jardim. Lá, elas serão identificadas  e será feito o prosseguimento da investigação.

Turma da Lazinha

O nome da quadrilha faz referência à novela “Ti-ti-ti”. Na trama, o grupo era uma turminha da pesada formada por mulheres que não tomavam banho e usavam roupas rasgadas, na maioria das vezes na cor preta.

Comentários do Facebook