Redução do efetivo da PM é planejado pelo Governo de Goiás

Projeto pode reduzir pela metade o efetivo da PM no Estado de Goiás | Foto: Reprodução/Facebook PMGO
Projeto pode reduzir pela metade o efetivo da PM no Estado de Goiás | Foto: Reprodução/Facebook PMGO

A Secretaria da Casa Civil elabora projeto de lei para diminuir pela metade o número ideal do efetivo da PM do Estado de Goiás. De acordo com a assessoria do governo, projeto ainda não foi avaliado pelo governador Marconi Perillo (PSDB) e, só depois disso, poderá ser enviado à Assembleia Legislativa.

Enquanto representantes da categoria reclamam de falta de transparência, o governo afirma que o objetivo é adequar o texto dos projetos à Constituição. Segundo o jornal “O Popular”, a redução na quantidade do efetivo da corporação fixado por lei seria de 31,7 mil para 16 mil.

O jornal também afirma que Marconi teria considerado o número do efetivo “superestimado”. Para o superintendente da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), coronel Edson Costa Araújo, o “efetivo (real) seria aumentado gradativamente”.

publicidade

LEIA MAIS: Policial militar reage a tentativa de assalto e mata bandido no Goiânia II

Baixa na PM

Segundo dados do Goiás Transparente, portal da transparência do governo, a tropa da PM sofreu baixa de 1,24% ou 149 policiais entre 2012 e 2016.

São 11.903 policiais em atividade, sendo que grande parte ocupa funções administrativas ou trabalha na segurança de órgãos públicos, e não faz policiamento nas ruas da capital.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter