Os 5 bairros onde há mais roubo de carros em Goiânia

Até agora, em 2018, em média 16 veículos foram alvo da criminalidade por dia na capital

A cada duas horas, foi registrado uma ocorrência de roubo de carros em Goiânia no ano passado | Foto: Reprodução
A cada duas horas, foi registrado uma ocorrência de roubo de carros em Goiânia no ano passado | Foto: Reprodução

Até setembro de 2018, já foram registrados 4.505 furtos e roubos de veículos em Goiânia.

Nesse período, aproximadamente 16 veículos foram alvo da criminalidade por dia na capital.

Mas os números demostram diminuição na incidência do crime de roubo. No mesmo período, em 2017, foram 4.876 ocorrências registradas. Em 2018, 2.204.

As informações foram obtidas pelo Folha Z nos registros da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO).

Ruf Medicina 300 x 250

Bairros

De acordo com os dados, os três primeiros bairros onde há mais roubo em Goiânia mantêm as posições desde 2017.

Todos eles são localizados na Região Sul da cidade.

Além disso, um bairro galgou posições e agora está entre os mais perigosos para circular de carro em Goiânia: Leste Universitário.

O Setor Oeste, por sua vez, caiu uma posição: saindo do 4º para o 5º lugar.

Região Sul de Goiânia é campeã em roubos de carros | Foto: Reprodução
Região Sul de Goiânia é campeã em roubos de carros | Foto: Reprodução

Ranking

Confira os cinco bairros onde houve maiores índices de roubo de carros em Goiânia em 2018 até setembro:

Motivos

Segundo especialistas em segurança consultados pelo Folha Z, entre eles policiais militares que preferiram não se identificar, esses bairros concentram grande quantidade de veículos de luxo, em especial Jardim América, Bueno e Parque Amazônia.

Além disso, os setores abrigam rotas de fuga que facilita o transporte dos veículos roubados para bairros afastados da Região Metropolitana.

Os três primeiros colocados têm uma peculiaridade em comum. Além de serem bairros vizinhos, são próximos da divisa entre Goiânia e Aparecida, oferecendo uma variedade de possíveis rotas de escoamento para a cidade vizinha.

Homem que portava tornozeleira eletrônica tentou assaltar vítima e acabou baleado por policias no Parque das Laranjeiras | Foto Ilustrativa/Reprodução
Setores de Goiânia têm atrativos para os criminosos | Foto: Ilustrativa/Reprodução

Entre elas estão a Avenida Transbrasiliana (sentido Vila Brasília), Quarta Radial (sentido Pedro Ludovico e Vila Redenção), Avenida Senador José Rodrigues de Morais Neto (sentido pregões na região da Av. Rio Verde) e Avenida Antônio Fidelis (sentido Terminal Cruzeiro).

Essas são apenas algumas das vias que dão acesso rápido a Aparecida por meio da Região Sul de Goiânia.

Já o Setor Cidade Jardim apresenta outras vias de saída rápida (como a BR-060, saída para Guapó) e locais para esconderijo de veículos roubados (oficinas e lojas de peças).

Com relação ao Setor Oeste, os especialistas apontam que os motivos para o alto índice de roubos de veículos são menos evidentes.

Não é um bairro com rotas fáceis de fuga, porém apresenta uma considerável concentração de carros de luxo.

LEIA MAIS: Os 20 carros mais roubados em Goiás. A lista vai te surpreender


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)