Seis pessoas foram resgatadas com vida do acidente na Colômbia

A equipe viajava para Medellín, onde disputaria a primeira final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional
A equipe viajava para Medellín, na Colômbia, onde disputaria a primeira final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional | Foto: reprodução

A Aeronáutica Civil da Colômbia (Aerocivil) publicou a lista das pessoas que foram resgatadas com vida do acidente com o avião da equipe da Chapecoense que caiu na madrugada de hoje, 29, próximo a Medellín, na Colômbia.

Segundo o comunicado, o jogador Alan Ruschel foi encaminhado para o hospital de La Ceja, e os jogadores Jackson Ragnar Follmann e Danilo Padilha para a Fundação São Vicente. O jornalista Rafael Hensel também foi para o hospital de La Ceja. Já os tripulantes Ximena Suárez e Erwin Tumiri foram atendidos na clínica Somer, na cidade de Rionegro.

LEIA MAIS: Chapecoense: não se brinca com fatalidade – JOGO LIMPO 

publicidade

O goleiro da Chapecoense Marcos Danilo Padilha, que tinha sido resgatado com vida, morreu após chegar ao hospital. Posteriormente, a TV colombiana noticiou que o zagueiro Hélio Zampier Neto também foi resgatado com vida e levado ao Hospital San Juan de Dios.

Primeira final da Copa Sul-Americana

A equipe viajava para Medellín, onde disputaria a primeira final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, amanhã (30) à noite. No acidente, 75 pessoas morreram.

Pelo Twitter, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, lamentou a tragédia e disse que a Unidade Nacional de Gestão de Risco de Desastres confirmou os seis sobreviventes.

*Ampliada às 11h27 e atualizada às 12h18 para correção de informações

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter