Servidor da Saneago envolvido na Operação Decantação é encontrado morto no Jardim Botânico

servidor-da-saneago-mp
Servidor da Saneago é suspeito de se envolver na Operação Decantação |Foto: Divulgação/MPGO

Um servidor da Saneago foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, no Jardim Botânico, em Goiânia. Claudionor Francisco Guimarães Filho, supervisor de qualidade da companhia, é suspeito de ter envolvimento na Operação Decantação, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na semana passada.

Segundo o inquérito policial, as causas da morte ainda estão sendo investigadas, porém a polícia não descarta a hipótese de suicídio. Guimarães era um dos envolvidos no esquema que desviava dinheiro da estatal para campanhas políticas, propinas aos funcionários e até uma Organização Social (OS) na área da saúde.

LEIA MAIS: Morte de funcionário da Saneago indica desespero provocado pela Decantação

De acordo com a PF, a presidência da Saneago e a direção do órgão tinham conhecimento a respeito do crime. O presidente do PSDB-GO Afreni Gonçalves, o presidente da Saneago, José Taveira, o diretor de Gestão Corporativa Robson Salazar e a empresária Nilvane Tomás Sousa Costa foram soltos.

Em nota, a Saneago informa que lamenta profundamente o falecimento do engenheiro civil.  Ainda de acordo com o comunicado, a companhia está prestando toda assistência necessária aos familiares, nesse momento de tamanha dor.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook