Socializados, porém vivendo na selva de pedra!!!

Andréia Magalhães é docente na Estácio de Sá/GO, IPOG e Diretora na CGJGO
Andréia Magalhães é docente na Estácio de Sá/GO, IPOG e Diretora na CGJGO

Então, os juros não subiram. Nem precisava já está pelas alturas a taxa básica.

As manifestações não cessam e salve o direito da luta.

As greves continuam por todo o país graças à democracia.

O índio com sua arma de sempre anda flechando na Capital Federal, pois bem, cada um luta com o que pode.

Somos socializados, mas vivemos na solidão tecnológica.

Existe o conhecimento de que a educação talvez melhore tudo só que preferimos dar valor aos objetos.

O século XXI tem por apelido “o século da desculpa”.  Tudo é culpa de alguém ou de algo. Onde ficam a coragem e o desejo de mudar?

Analisando a condição nossa de cada dia me pego refletindo…

A economia vai mal obrigada. A saúde é o caos e problema de quem ficar doente. A educação não anda mediando nada, salvo raríssimas exceções. A segurança ficou vulnerável porque se sente insegura, ironia!

E quanto ao restante da situação, me permito o direito de só falar em juízo na presença de um advogado desde que não produza provas contra mim.

Lamentável a situação atual.

Estamos urbanos, porém vivendo na selva de pedra.

Andréia Magalhães é docente na Estácio de Sá/GO, IPOG e Diretora na CGJGO

 

Comentários do Facebook