Sugestões para as maratonas de férias – Coluna de Seriados

Coluna de Seriados

No último dia do ano, esse espaço vai ser reservado para algo de extrema importância, principalmente nessa época: as maratonas de férias. Com trabalho, faculdade e todos os outros projetos ao longo do ano, fica difícil manter atualizadas todas as séries e mais impossível ainda pegar aquela que já passou da primeira temporada e só acumula mais horas.

Pensando nisso, para aproveitar esse momento de ócio, segue uma lista de seriados que não serão um tormento para devorar em “binge-watching” nas próximas semanas.

 “House of Cards” (Netflix)

Maratonas de fériasPor que assistir: É sombria, complexa, de produção muito polida e o mais importante: é surpreendente e imprevisível. Kevin Spacey e Robin Wright fazem escola de interpretação, elegância, densidade e sensualidade. Há rumores de que o terceiro ano seja o último para a série; então corre!

Número de episódios: 26

Próximo episódio inédito: 27/2/15

Disponível no Brasil em: Netflix

“Fargo” (FX)

Por que assistir: Pode ser consumida num fim de semana. A fluidez do texto, o ritmo sempre dinâmico e veloz e o humor balanceado com o chocante criam uma experiência muito única e imperdível. A história tem desfecho no décimo episódio e, infelizmente, não veremos Martin Freeman e Billy Bob Thornton em 2015.

Número de episódios: 10

Próximo episódio inédito: Sem data definida

Disponível no Brasil em: Netflix

 “True Detective” (HBO)

Por que assistir: Tenha em mente: ela não é fácil. A maratona de “True Detective” não pode ser muito voraz. Mas são poucos episódios, de forma que não demora muito a acabar, mesmo num ritmo de dois por dia. No fim, a recompensa é enorme. Assim como “Fargo”, ela é inigualável. Não pelos temas, mas pelo formato, pela narrativa extremamente poética e subjetiva. Além, é claro, das referências ao terror lovecraftiano e do show da dupla McConaughey e Harrelson.

Número de episódios: 8

Próximo episódio inédito: Sem data definida

Disponível no Brasil em: HBO

“Ascension” (SyFy)

Por que assistir: Uma boa pedida para quem gosta do tipo de ficção científica que se atreve a discutir questões sociológicas e sobrenaturais. Admito que não é a obra definitiva de espaço (alô, Kubrick), Mas entretém, surpreende em determinado momento e é curta, com três grandes episódios.

Número de episódios: 3 (de 1h30 cada)

Próximo episódio inédito: Apenas uma temporada

Disponível no Brasil em: Sem previsão

 “Silicon Valley” (HBO)

Por que assistir: Esqueça “Big Bang Theory”. Sim. Esqueça, oblitere, corra dela e fale mal sempre que tiver a oportunidade. Quer piadas de conteúdo científico, ambiente tecnológico e reprodução fidedigna da vida de um “nerd”? Isso é “Sillicon Valley”. O ritmo da série não é o costumeiro frenesi de piadas prontas das sitcoms, mas o ápice da história no último episódio exibido é hilário e a HBO é sempre promessa de grandiosidade.

Número de episódios: 8

Próximo episódio inédito: Sem data definida

Disponível no Brasil em: HBO

 “Vikings” (History Channel)

Por que assistir: Ação, mitologia nórdica, guerras e combates bem coreografados, trama contagiante, suspense, pessoas bonitas e história misturada com leda. “Vikings” não decepciona em momento algum. Com duas temporadas já exibidas, os 19 episódios passam num piscar de olhos com os “cliffhangers” muito bem pontuados.

Número de episódios: 19

Próximo episódio inédito: Sem data definida

Disponível no Brasil em: Netflix

“Vicious” (ITV1)

Por que assistir: Ian McKellen e Derek Jacobi são um casal de velhos que está junto há mais de 50 anos. Não é motivo suficiente pra provocar curiosidade? Fãs do humor britânico (sarcástico, seco e auto-analítico) estarão bem servidos. Fãs de teatro verão performances épicas. Fãs da típica comédia de situação serão cativados pelas possibilidades de texto ainda pouco exploradas. Enfim, cuidado, porque os sete episódios passam muito rápido e as produções inglesas demoram muito, muito a voltar.

Número de episódios: 7

Próximo episódio inédito: Sem data definida

Disponível no Brasil em: Sem previsão

Marco Faleiro é estudante de jornalismo e já tem mais de duas mil horas de seriados assistidos – [email protected]

Comentários do Facebook