Suspeito é paulista, mas estava escondido na casa do sogro de uma prima, no setor Las Vegas, em Bela Vista de Goiás | Foto: Divulgação / Polícia Civil
Suspeito é paulista, mas estava escondido na casa do sogro de uma prima, no setor Las Vegas, em Bela Vista de Goiás | Foto: Divulgação / Polícia Civil

Foi preso nesta quarta-feira, 15, o responsável pelo latrocínio de um sargento das Rondas Ostensivas (Rota) de São Paulo há dois meses.

Kayque Matias dos Santos, de 22 anos, foi localizado em Bela Vista de Goiás, a 45 km de Goiânia.

A ação contou com o auxílio da Polícia Militar de São Paulo, juntamente com as Polícias Militar e Civil de Goiás.

O suspeito é paulista, mas estava escondido na casa do sogro de uma prima, no setor Las Vegas.

Ruf Medicina 300 x 250

Segundo o delegado Alexandre Lourenço, responsável pelo mandado de prisão, os parentes não sabiam do crime.

Câmeras de segurança registraram o crime. Veja abaixo.

O crime

O latrocínio, que é o roubo seguido de morte, ocorreu no dia 10 de junho desse ano, em Diadema, no ABC paulista.

O sargento da tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo, Rogério de Oliveira Alves, de 38 anos, chegava em casa de moto quando foi abordado por Kayque e um comparsa.

Na tentativa de reação, o PM correu, mas ababou alcançado pelos suspeitos.

O comparsa de Kayque ainda foi baleado pelo sargento, que, por sua vez, foi alvejado duas vezes.

Rogério chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Ele era casado e tinhas dois filhos.

Kayque ainda tentou socorrer o outro suspeito, que também morreu no local.