Suspeito de ridicularizar polícia em vídeo é apresentado na delegacia

A Polícia Civil apresentou na manhã dessa quarta-feira (24) um homem que apareceu em vídeo dirigindo carro com outros três ocupantes e todos eles portavam armas e faziam piadas com a polícia.

Depois de analisar as imagens, a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) chegou até Weber Azevedo, um dos nove fugitivos da unidade prisional de Piracanjuba, a 85 km de Goiânia. Seis dos foragidos já foram recapturados, dois deles aparecem no vídeo.

O delegado responsável pelas investigações, Tommaso Leonardi, afirmou que as pessoas envolvidas no caso são extremamente perigosas.

“[Eles têm] passagens por crimes graves, o Weber inclusive por tráfico de drogas. Pelo vídeo dá pra ver claramente a periculosidade deles, porque estão todos armados. Espero que nos próximos dias a PC consiga terminar os trabalhos e prender os que ainda estão foragidos”, disse.

Vídeo

À polícia, Weber relatou que no momento da gravação, todos do grupo estavam alcoolizados e drogados, e que tudo não passava de uma brincadeira.“Tinha três anos que a gente estava preso, e saiu. Sob efeito do álcool e da droga, fizemos o vídeo só por fazer mesmo, pra fazer graça”, relatou.

LEIA MAIS: Governador anuncia força-tarefa contra a violência. “A polícia vai atuar com mais rigor ainda”

O delegado, porém, classificou o episódio como uma afronta a toda a corporação e garantiu que a investigação chegará aos demais integrantes do grupo.

Comentários do Facebook