A Polícia Civil (PC) identificou 4 suspeitos de espancar o farmacêutico Wender Henrique Porto no último sábado (5), no Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia.

Segundo o delegado Divino Batista, do 6º Distrito Policial (DP) da cidade, 2 deles se apresentaram após o crime.

Desses, 1 prestou depoimento na unidade e o outro permaneceu calado.

Já os outros 2 suspeitos identificados pela PC seguem foragidos.

Motivação

Ainda conforme o delegado, o crime foi uma tentativa de homicídio e não latrocínio, como tinha sido classificado no momento do registro do Boletim de Ocorrência (BO).

No depoimento do suspeito, ele disse que o farmacêutico teria chutado as nádegas da esposa de um dos agressores.

Esse fato teria acontecido na casa do sogro de 3 dos suspeitos. De acordo com o relato, Wender foi mandado embora mas voltou.

Ao retornar, o farmacêutico teria sido espancado e colocado no porta-malas de um carro para continuar o crime em outro local.

Wender ainda deve prestar outro depoimento à polícia.

LEIA MAIS 👉 Vítima de assalto é espancada e jogada em caçamba de lixo no Tiradentes


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook