Taxista de Morrinhos desaparecido é encontrado morto

Taxista Sebastião José desapareceu em Morrinhos, no último dia 5 | Foto: divulgação
Taxista Sebastião José desapareceu em Morrinhos, no último dia 5 | Foto: divulgação

O corpo do taxista morrinhense Sebastião José Siqueira, de 66 anos, foi encontrado na tarde desta terça-feira, 18. Três pessoas são suspeitas de participar da morte do taxista. Um dos suspeitos do crime (chamado Marco) foi preso hoje por policiais militares da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (10ª CIPM). Ele teria confessado que atirou no taxista porque o mesmo reagiu ao assalto.

Após a prisão, o suspeito levou os policiais até o local onde se encontrava o corpo, às margens de uma rodovia, próximo à cidade de Palmelo. O município fica a 126 quilômetros de Goiânia. As outras duas pessoas suspeitas de participar do crime já foram identificadas. Segundo a Polícia Civil de Morrinhos, é um casal de namorados; Joelma de Souza e Kalil Rafael.

Força tarefa

Sebastião estava desaparecido, desde o dia 5 de julho, quando foi chamado por uma mulher para realizar uma corrida de Morrinhos a Pontalina.  No caminho, a mulher solicitou ao taxista que parasse no distrito Rancho Alegre. Neste local, dois homens adentraram no táxi, e de acordo com testemunhas, seguiram na BR-153, em direção a Pontalina. O carro do taxista foi encontrado abandonado em Pires do Rio. A polícia criou uma força tarefa para localizar as outras duas pessoas que participaram do crime. (ENTENDA O CASO) 

LEIA MAIS: Multas mais frequentes em motos (6 e 7 suspendem a CNH)

Família cobra empenho

A sobrinha do taxista Vânia Marques Siqueira da Silva, em entrevista ao Folha Z, pediu empenho das forças policiais para localziar os dois suspeitos que encontram-se foragidos. Ela destacou que o tio Sebastião era “um homem de conduta inabalável, muito respeitado e querido na cidade de Morrinhos”.

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter

 

 

 

Comentários do Facebook