Torcida do Vila não pagou pra ver – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak
Torcida do Vila não pagou pra ver

Não foi por acaso que o fanático abnegado do Vila Nova manteve distância do time no último domingo. Apenas 9 mil pagantes compareceram ao Serra Dourada no jogo de torcida única. Uns culparam o elevado preço dos ingressos, outros a transmissão ao vivo pela TV Anhanguera. O grande receio, entretanto, estava dentro de campo. De boba a nação colorada não tem nada, por isso preferiu aguardar o comportamento da equipe contra o maior rival. E, mais uma vez, acertou em cheio.

O Tigrão tenta rugir, mas o resultado, como de costume, é decepcionante. Marcadores colorado tentam desarmar o meia Daniel Carvalho / Foto: divulgação
O Tigrão tenta rugir, mas o resultado, como de costume, é decepcionante. Marcadores colorado tentam desarmar o meia Daniel Carvalho / Foto: divulgação

De tigrão a gatinho

Diante do Goiás – como vem acontecendo em 9  de cada 10 partidas nos últimos anos – o tigrão se transforma em gatinho. Tenta rugir, mas o resultado é decepcionante. Incrível observar a apatia que a camisa verde provoca no emocional adversário, dentro e fora das quatro linhas. A torcida colorada, realista, decidiu não pagar pra ver, cansada da sequência de surras. Não se trata de afirmar que o Goiás é imbatível, mas o Vila Nova carece de ajuda profissional para superar o trauma.

Divã para acabar com jejum

Renomados e vitoriosos técnicos do nosso futebol não abrem mão da boa e velha psicologia nos momentos decisivos. E para o time colorado não há outro caminho a seguir. Atual campeão da Série C, clube prestigiado em função do prêmio mundial conquistado pelo atacante Wendell Lira, o Vila Nova precisa de longas sessões num divã para reconquistar o brilho regional após 11 anos sem títulos.

Realidade que não dá trégua

Os supersticiosos costumam dizer que alguns fatos mais parecem “cabeça de burro enterrada no quintal”, ou seja, são marcados por uma sequência interminável de problemas. E quando o foco é a administração pública, a repercussão tem peso dobrado. Confira e vote nos obstáculos que mais prejudicam a imagem das três esferas de governo em Goiás:

Dilma Rousseff
(   ) Conclusão do novo aeroporto de Goiânia
(   ) Péssima manutenção das BRs, mesmo onde houve concessão do serviço
(   ) Lento processo de privatização da Celg e sucessivos reajustes da tarifa
(   ) Conclusão da Ferrovia Norte-Sul que se arrasta há 30 anos
(   ) Todas as alternativas anteriores

Marconi Perillo
(   ) Malha viária que mais parece queijo suíço no período chuvoso, mesmo com cobranças abusivas no Detran
(  ) Dezenas de obras inacabadas há décadas (IML’s, hospitais e Centro Olímpico, entre elas)
(   ) Ações e estatísticas que pouco contribuem para avanços na segurança pública
(   )  Déficit financeiro provocado pelo descompasso entre arrecadação e gastos supérfluos
(   ) Todas as alternativas anteriores

Paulo Garcia
(  ) Frágil manutenção dos serviços básicos, entre eles iluminação, limpeza e fiscalização
( ) Interminável e questionável execução do Programa Urbano Macambira Anicuns (Puama)
(   ) Parque Cascavel, BRT Eixo Norte-Sul e Corredor T-7, obras cujo término trará mais alívio do que comemoração
(   ) Venda de imóveis para cobrir parte do déficit nas contas públicas
(   ) Todas as alternativas anteriores

Comentários do Facebook